Bolsa de valores em baixa, vem crise por aí?

As ações americanas estenderam a liquidação e a libra caiu à medida que os investidores assumiram uma visão sombria das perspectivas de crescimento e comércio globais depois que Theresa May adiou uma votação crucial do Brexit. Apesar de ter sido um bom investimento em 2017, quem começou a investir na bolsa de valores esse ano, está amargando perdas, dependendo da ação.

Uma queda das ações dos bancos e empresas de energia levou o S & P 500 Index a uma baixa de oito meses após a pior semana do medidor desde março. Os ganhos em ações de tecnologia ajudaram a limitar as perdas de segunda-feira. A incerteza sobre a força do crescimento global permaneceu em meio a dados econômicos fracos da China. As empresas de automóveis lideraram o recuo no índice Stoxx Europe 600.

Os investidores precisam se preparar para a possibilidade de o Reino Unido deixar a União Europeia sem um acordo, piorando o sentimento já frágil nos mercados financeiros, já que os traders avaliam se o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) diminuirá seu ritmo de aperto em meio a temores da guerra comercial.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

Enquanto isso, os dados começaram a sugerir a desaceleração do crescimento nas duas principais economias do mundo, com sinais de que a demanda continua fraca na China, logo após a moderação do mercado de trabalho norte-americano.

Brexit é mais um complicador

“Embora as consequências econômicas diretas de um Brexit difícil sejam suportadas principalmente pelo Reino Unido, os preços dos ativos ainda sentirão o contágio de uma maior discórdia na região”, disse Max Gokhman, diretor de alocação de ativos da Pacific Life Fund Advisors. “Pense nisso como um efeito cascata — tudo começa no Reino Unido, se espalha primeiro para a UE e depois cruza o Atlântico para a NYSE.”

O primeiro-ministro do Reino Unido, May, adiou um importante voto parlamentar do Brexit em vez de arriscar uma derrota contundente, e não se comprometeu com uma nova data para votação. O Tribunal de Justiça da UE aumentou as apostas na segunda-feira, dizendo que a Grã-Bretanha poderia unilateralmente optar por mudar de rumo e permanecer no sindicato.

O petróleo perdeu parte da alta de sexta-feira provocada pela OPEP e seus aliados concordando com cortes de produção. Naturalmente, a BOVESPA, bolsa de valores do Brasil, sentiu todo esse cenário de dúvida e incerteza e acompanhou as perdas mundiais, somando uma perda de 2%.

bolsa de valores

Ações

O índice S & P 500 caiu 1,4%.

ações americanas

O índice Stoxx Europe 600 declinou 1,9%.

O MSCI All-Country World Index caiu 1,7% com o seu quinto declínio consecutivo.

O MSCI Emerging Market Index caiu 2,2%.

Moeda

A libra britânica afundou 1,3%, para US $ 1,2566, a mais fraca em quase 20 meses.

O MSCI Emerging Markets Currency Index caiu 0,9%, o maior em dois meses.

Títulos

O rendimento dos Treasuries Americanos de 10 anos foi pouco alterado em 2,8%.

O rendimento de 10 anos da Alemanha caiu um ponto base para 0,24%.

O rendimento de 10 anos da Grã-Bretanha caiu sete pontos-base para 1,19%, o menor em 16 semanas.

Commodities

O petróleo bruto West Texas Intermediate caiu 2,1 por cento, para 51,53 dólares o barril.

O cobre caiu 1,5%, para US $ 2,717.

O ouro caiu 0,3%, para US $ 1.244,88.

Leia também:

5 erros que te impedem de ganhar dinheiro

https://cointimes.com.br/cointimes-report-relatorio-mensal-de-novembro/

Adaptado de Bloomberg


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!