O CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, afirma que a centralização da mineração de Bitcoin na China é um ponto importante de fraqueza para a principal criptomoeda.

Leia também:
++ Ripple faz parceria com o Banco Nacional do Egito
++ Google recebe ex-colaboradores da Ripple para sistema de pagamentos do Chrome
++ Ripple: O que é? Como funciona a XRP? Onde comprar?

De acordo com CEO da Ripple, a China controla o Bitcoin

Em uma recente entrevista à CNN, o CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, soltou algumas polêmicas afirmações sobre o Bitcoin. E seus comentários questionam a visão de que a criptomoeda é realmente descentralizada.

“China… eles realmente, através do poder de mineração, controlam o blockchain do Bitcoin. Você tem quatro mineradores na China que representam algo como 60% a mais da capacidade de mineração.”

Como resultado, os maximalistas de Bitcoin ficaram incomodados com os comentários de Garlinghouse, contestando o número de 60% que ele deu, e até criticando seu uso da palavra “mineradores”, em vez de pools de mineração.

No entanto, a centralização da mineração ainda pode ser uma preocupação real. Mas qual a sua opinião sobre isso? Deixe nos comentários abaixo!