Com notícias positivas sobre o tão esperado ‘merge’ entre o Ethereum atual e a rede com Prova de Participação (Proof of Stake – PoS) os investidores estão vendo um caminho extremamente animador para o ETH com implicações positivas de curto e médio prazos. 

Na semana passada, desenvolvedores conseguiram integrar a rede atual do Ethereum com a chamada Ethereum 2.0, o chamado “mege” ou fusão. Com ela os investidores poderão usar seus ethers para ajudar na operação da rede e receber em troca novas moedas, uma espécie de renda passiva também conhecida como staking. 

Investidores sacam e investem bilhões em novo Ethereum

Os investidores estão sacando seus ethers das corretoras em volumes recordes para colocá-los em staking. Nos últimos 7 dias mais de R$1,3bi em eth saíram das principais exchanges. 

A tendência é claro de baixa, com grandes saques ocorrendo nos últimos 5 meses:

Mais de R$150 bilhões em ETH foram depositados no contrato para a cadeia de blocos com o Ethereum PoS. 

Novo ethereum pode superar a inflação brasileira

Como resultado do merge as taxas de transação antes obtidas pelos mineradores agora passarão para os validadores. De acordo com análise da Intotheblock isso significaria que os investidores com staking em ETH poderiam ganhar um retorno entre 7% e 12% 

Em termos nominais esse número pode ser superior à inflação (IPCA) brasileiro de 2021. Somado a isso, temos nos últimos 4 anos um retorno anual médio do ether perante o dólar em 84,16%. 

Claro, os riscos são enormes mas com um ativo que paga 7% em cima do seu já alto retorno médio parece muito atrativo, principalmente para compor a parte de risco de diversos portfólios. 

A tempestade perfeita para o Ethereum?

Todos esses dados poderiam não significar nada se o Ethereum estivesse em uma posição precária perante seus concorrentes. Entretanto este não é o caso, a rede Solana passou por sérios problemas recentemente, assim como a Cardano e diversas concorrentes. 

O merge dará, além de mais incentivos econômicos, um grande fôlego para a plataforma de contratos inteligentes que poderá escalar o número de transações em diversas vezes a capacidade atual.

O que isso significa? Que mais ethers serão tirados de circulação (graças a EIP 1559), criando um possível ciclo virtuosos para o preço.  Seria essa a tempestade perfeita para os holders de ETH? Deixe sua opinião nos comentários ou redes sociais do Cointimes.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br