A nova atualização do Monero já chegou. Com ela temos o estabelecimento do RandomX, um algoritmo que dá vantagens para mineração de Monero em processadores normais.

Hoje você vai aprender a minerar Monero em casa, usando Linux ou Windows.

  • O upgrade do Monero, por que minerar em casa?
  • Quais os melhores processadores?
  • Como minerar Monero (XMR) sozinho;
  • Minerar Monero usando pools no Linux e Windows;
  • Calculando os lucros na mineração de XMR;

O porquê do upgrade do Monero?

A comunidade do Monero, após gastar meio milhão de dólares e meses de desenvolvimento, finalmente comemorou o upgrade que dá vantagens para quem minera com equipamento caseiro.

A mineração é essencial para qualquer criptomoeda, ela dá segurança a rede, validando transações, gerando novas moedas e beneficia mineradores honestos.

Quando Satoshi Nakamoto lançou o Bitcoin, foi usado um sistema de prova de trabalho (Proof of Work – PoW) para a mineração. Nakamoto descreve o PoW como ” essencialmente uma CPU um voto.

Ou seja, cada participante da rede poderia, por meio da sua prova de trabalho, participar ativamente do Bitcoin. Porém, empresas como a Bitmain criaram máquinas específicas de mineração (ASICs), destruindo o conceito de Nakamoto.

Buscando mais descentralização e participação dos usuários, a comunidade da criptomoeda Monero lançou o RandomX. Algoritmo que devolve o poder aos usuários, como desenhado por Nakamoto.

Se você não entende nada de mineração de criptomoedas, fizemos um podcast que vai te ajudar muito. Ouça:

Mineração de Monero na sua CPU/GPU

Antes de começar a minerar, vamos ver qual são os melhores processadores, assim você pode iniciar sua empreitada ciente da capacidade do seu hardware.

Segundo o site MoneroBenchmarks, o processador disponível no mercado que entrega mais hash por segundo é o Ryzern 3900X, com incríveis 14.200 H/s.

A AMD domina o ranking com os melhores processadores. O Ryzen 3900 com vários cloacks e configurações diversas impera na primeira página dos hardwares disponíveis para o público.

Ranking melhores CPUs

Definitivamente, vá de AMD se você estiver montando sua fazenda de mineração. Se você for comprar algum hardware, tente pegar o modelo mais novo.

Dentre as GPUs, a campeã é a AMD Vega 64 com 8gb de HBM2, batendo os 1188 H/s. Ela não é facilmente encontrada no Brasil e o custo benefício é horrível. Por isso, uma boa escolha seria comprar a GTX 1080, que entrega quase o mesmo resultado com um TDP menor.

Placa de Vídeo GeForce GTX 1080 Ti, 11GB, Gigabyte, GV-N108TAORUS-11GD

Ok, talvez você já tenha seu hardware e simplesmente precisa aprender a minerar. Bom, há algumas maneiras de fazer isso.

Minerar Monero solo

Essa maneira de minerar XMR é voltada para aqueles que detêm muito poder de computação ou apenas querem ajudar a rede.

Se você tem algumas dezenas de processadores à sua disposição, talvez seja interessante minerar sozinho. Assim, você ganha a recompensa completa.

O jeito mais simples de começar (não o mais rápido) é usando o cliente oficial do Monero. Baixe o software para o seu sistema operacional, prefira a versão Command-Line Tools Only.

  • Baixe a carteira Monero no site oficial, confira o hash e assinatura digital. Use o unzip para tirar o arquivo;
  • Dois cliques no executável monerod, ou se você estiver usando linux, use o comando “./monerod”; Ele vai começar a sincronizar o blockchain do Monero, isso pode demorar 2 dias ou mais em um SSD.
Sincronização Monero
Blockchain sincronizado
  • Depois de sincronizado, clique duplo na monero-wallet-cli, ou “./monero-wallett-cli” para Linux. Crie o nome de um arquivo, digite “Y” e escolha a língua para a sua seed. Anote as palavras chaves com carinho, você vai precisar delas um dia.
Criando Wallet de Monero
  • Na janela de criação da wallet, digite o comando “startming”. Você já está minerando.

Dependendo do seu processamento e da sua sorte, você pode demorar semanas, meses ou anos para achar um bloco. Esse método é recomendado apenas para ativistas ou pessoas com um enorme poder de mineração.

Mining Monero na “piscina”

A melhor maneira de minerar Monero para você que tem um hardware fraco, é se juntar a uma pool de mineração.

Nela, você irá compartilhar a recompensa dos blocos encontrados. Entretanto, para fazer isso precisamos compilar um software específico de mineração, o xmrig.

XMRIG no Ubuntu e derivados

Para os usuários do Ubuntu Linux, basta seguir os seguintes comandos para instalar o xmrig.

Primeiramente vamos instalar as dependências:

sudo apt install git build-essential cmake libuv1-dev libssl-dev libmicrohttpd-dev gcc-7 g++-7

Reinicie o computador:

sudo shutdown -r 0

Clone o xmrig do github:

git clone https://github.com/xmrig/xmrig.git

Crie um diretório e compile:

mkdir xmrig/build && cd build
cmake .. -DCMAKE_C_COMPILER=gcc-7 -DCMAKE_CXX_COMPILER=g++-7
make

Feito! Você acabou de compilar o xmrig, agora só precisamos configurá-lo. Mas antes, vou ensinar os usuários do Windows a instalar o minerador. Vá para o tópico Configurando o xmrig.

Instalando o Xmrig no Windows

Enquanto a instalação no Linux é fácil, no Windows é mais complexa e exige o download de 11 gigas.

Além do mais, de acordo com os meus testes, o minerador tem um desempenho de 10 a 20% inferior ao Linux.

Primeiramente, é necessário desativar completamente o Windows Defender ou qualquer outro antí-vírus. Ele reconhece o minerador como malware, apesar de não ser.

  1. Baixe o Visual Studio Community 2017, durante a instalação (do lado direito da janela) escolha a opção “Desenvolvimento com C++“.
  2. Faça o download da última versão do Cmake para Windows. Na instalação, escolha “Add cmake to system Path to all user”
  3. Faça o download das dependências no github – https://github.com/xmrig/xmrig-deps/releases; Extraia a pasta e mude o nome para xmrig-deps;
  4. Execute os seguintes comandos no cmd:
 cd xmrig
mkdir build
cd Build
cmake .. -G "Visual Studio 15 2017 Win64" -DXMRIG_DEPS=c:\xmrig-deps\msvc2017\x64

5. Compile:

Vá a até a pasta xmrig\build e abra o arquivo xmrig.sln pelo Visual Studio 2017.

Mude o build de “Debug” para “Release”, no “Compilação” selecione a opção “Compilar ALL_BUILD“.

O vídeo do canal X GNU Bio, explica o passo-a-passo para você que está com dúvidas:

Pronto, você compilou com sucesso.

Configurando o Minerador de Monero

Agora precisamos configurar o minerador. Vá até o diretório xmrig/src e abra o arquivo config.json. Se for usuário Windows, baixe o programa notepad++ e abra o file com ele.

Copie e cole o texto abaixo no config.json modificando “Endereço_da_Wallet” pelo seu endereço de Monero.

{
    "donate-level": 0,
    "cpu": true,
    "opencl": false,
    "cuda": false,
    "pools": [
        {
            "url": "pool.supportxmr.com:443",
            "user": "Endereço_da_Wallet",
            "pass": "Computador1",
            "keepalive": true,
            "tls": true
        }
    ]
}

Vá até sua wallet e copie o endereço do Monero. Se estiver usando o cliente oficial, então execute o comando “address” para obter o endereço.

Para iniciar a mineração de Monero, execute o seguinte comando para o Windows:

xmrig.exe --donate-level 0 -o pool.supportxmr.com:443 -u Endereço_da_Wallet -p Computador1 -k --tls

Para Linux:

./xmrig --donate-level 0 -o pool.supportxmr.com:443 -u Endereço_da_Wallet -p Computador1 -k --tls

Para adicionar outros computadores, você pode usar o mesmo endereço, mudando apenas o recurso “pass” no arquivo config.json.

Calculando o lucro

Para verificar os hash rate e a previsão de XMR gerados, você pode ir até o site da sua pool (supportxmr.com), colocar seu endereço e ver seus dados:

supportxmr.com página inicial

Para calcular seu lucro, vá até o site CoinCalculators, adicione os parâmetros e verifique o quanto você vai ganhar em XRM.

Monero calculadora

Não esqueça, a dificuldade na rede pode aumentar ou diminuir, o que irá contribuir para o resultado final da sua empreitada.

Se você gostou do post compartilhe, pois poderemos fazer uma segunda versão com dicas para melhorar o desempenho na mineração de monero.

Ficou alguma dúvida? Se sim, entre no grupo do Cointimes no Facebook e faça seu questionamento.