Breaking News  
Competição de portfólio de criptomoedas #3 Altcoins

Competição de portfólio de criptomoedas #3

Esta é a terceira semana de nossa competição no Cointimes. Quem será que está vencendo?

Rafael Lemos
Rafael Lemos

E continua a competição de portfólios que iniciamos há 3 semanas. Eu, Neto e Bassotto estamos fazendo uma simulação de portfólios através da plataforma Altpocket para ver quem consegue o maior rendimento.

Competição de portfólio

Você também pode acompanhar as outras publicações da competição: #1 e #2.

As regras da competição são as seguintes:

  • Cada competidor deve montar um portólio de $1000 dólares em criptomoedas
  • Não vale colocar Bitcoin, somente altcoins
  • Não é possível modificar ou excluir a participação de qualquer cripto do portfólio

Vamos ver como estão os valores hoje em dia?

Portfólio do Lemos

Ao montar meu portfólio, escolhi dois projetos pouco conhecidos, o token TaTaTu e o Enigma. O primeiro busca criar uma espécie de “Netflix descentralizado”, permitindo que detentores do token consigam ouvir músicas, assistir séries, filmes e esportes através de uma única plataforma.

Já o token do Enigma é um projeto que gosto muito, principalmente por causa de sua equipe. O time é composto por pesquisadores do MIT e têm como objetivo criar uma aplicação descentralizada que permita a criação de “Secret contracts”, contratos inteligentes secretos. A aplicabilidade dessa tecnologia pode ser muito interessante em empresas privadas que trabalhem com dados sensíveis que não podem ser expostos publicamente.

Contando com algum pump (valorização expressiva em um curto intervalo de tempo) nestes projetos, coloquei boa parte das minhas “fichas” nessas duas criptomoedas, mas a estratégia não tem parecido muito eficiente.

Desempenho

competição de portfólio - lemos
Até agora estou com um prejuízo de aproximadamente 35% neste portfólio. O resultado tem sido horrendo.

O fato de ter sido uma simulação me preocupa muito menos, já que não estamos envolvendo quantias reais. De toda forma, é um ótimo ensinamento para tomar mais cuidado na hora de escolher os projetos onde devo investir. Mesmo sendo um produto promissor, pode ser que no curto prazo os prejuízos sejam devastadores.

Alguns modelos quantitativos como o de otimização de portfólio de Markowitz ou o modelo de Black-Litterman podem ser interessantes na hora de montar uma carteira com mais propriedade. Se basear em mais dados e menos “achismos”. Fica uma lição para as próximas vezes.

Portfólio do Bassotto

Ao contrário de mim, o Bassotto diversificou muito mais o portfólio dele. Com uma relevância um pouco maior para a Nano e Monero, as outras criptomoedas parecem estar bem balanceadas no portfólio dele.

O Bassotto acredita bastante no potencial da Nano, pelo fato de ser uma criptomoeda com transações sem taxas e extremamente rápidas. Ele projeta que esta pode ser uma excelente alternativa ao Bitcoin como meio de troca nos estabelecimentos, talvez vindo a substituir os cartões de crédito. Você pode conferir a avaliação que ele preparou a respeito do projeto.

Já o Monero é um projeto que valoriza bastante a privacidade dos usuários, sendo impossível identificar aquelas pessoas que possuem a criptomoeda. Ao contrário do Bitcoin que é semi-anônimo, o Monero é 100% anônimo.

Assim como eu fiz, ele também colocou um pouco em TaTaTu, mas se expôs bem menos – apenas 3.86% do seu portfólio.

Desempenho

competição de portfólio - portfólio do bassotto
Até agora o Bassotto está com o portfólio levemente negativo, fechado com um retorno de -7%.

Apesar de estar levemente negativo, os resultados do Bassotto estão bem melhores que os meus. A diversificação entre vários criptoativos aliviou possíveis grandes prejuízos que ele poderia ter com a TaTaTu (como eu tive) e o projeto da Augur.

competição de portfólio - rendimentos do bassotto

Os grandes destaques do portfólio do Bassotto (e únicos projetos com retorno positivo) são o Monero e o token XRP (antigo Ripple). A grande valorização do XRP nos últimos dias deu um resultado muito interessante para este portfólio.

Portfólio do Neto

As escolhas do Neto refletem muito a respeito de sua personalidade. Ele é um investidor antigo de criptomoedas e tem um perfil bastante libertário. Projetos que garantem a privacidade de seus usários, como é o caso do Monero e do Zcash, são os seus preferidos.

Ocupando a maior parte do portfólio do Neto está a criptomoeda Monero. Assim como o Bassotto, as atualizações que estão acontecendo no protocolo do Monero motivaram bastante a alocação de recursos no projeto. Até agora ambos têm acertado na escolha, já que o rendimento tem sido positivo até o momento.

Outra escolha interessante do Neto foi a BNB (Binance Coin). Historicamente, mesmo em momentos de baixa do Bitcoin, o token da gigante exchange Chinesa tem performado razoavelmente bem, mesmo em bear markets.

Já o EOS é conhecido como o “Ethereum Killer”. Apesar de algumas discussões acerca da governança da criptomoeda, parece que a adoção ao EOS vem crescendo, apesar da recente desvalorização do seu token.

O próprio Neto já fez algumas avaliações aqui no Cointimes sobre o Monero e EOS. Vale a pena conferir.

Desempenho

competição de portfólio - portfólio do neto
Até agora o portfólio do Neto está fechando levemente negativo. Cerca de 5% de prejuízo.

Apesar do retorno levemente negativo, o portfólio do Neto até agora está invicto em nossa competição. As escolhas dele foram as melhores nas últimas 3 semanas. A diversificação entre vários criptoativos e baixa exposição em Augur salvaram o Neto de uma desvalorização maior em seu portfólio.

Competição de portfólio - retornos do neto

O grande destaque do Neto até agora tem sido o Monero. Também é o único criptoativo que está apresentando retorno positivo entre as escolhas que ele fez. O grande diferencial é que aqueles criptoativos onde o Neto se expôs mais, não tiveram uma performance tão negativa, o que acabou equilibrando bastante o portfólio dele.

Está curtindo a competição? Então não esquece de seguir as redes sociais do Cointimes (FacebookInstagram e Twitter) para ficar sempre de olho nas atualizações da competição.

Rafael Lemos
Rafael Lemos

Estudante de Economia, com grande interesse por finanças. Dedico boa parte do meu tempo a projetos relacionados à Criptoeconomia. Atualmente trabalho na Foxbit, na produção de conteúdo.