Após os EUA manterem notas em quarentena e a China obrigar bancos a literalmente lavar dinheiro, o Brasil pode estar chegando mais perto de uma moeda digital substituir o papel-moeda.

O Deputado Federal Luizão Goulart, do Republicanos, fez uma indicação, com base no Art. 113, inciso 1, parágrafo 1 do Regimento Interno da Câmara dos Deputados, para que o Ministro Paulo Guedes adote uma moeda digital para o país.

Goulart destacou o desempenho de diversos outros países neste sentido, como Japão que planeja o Yen Digital para 2022 ou 2023.

O deputado defendeu uma mudança gradual para que seja possível uma substituição definitiva da moeda física para uma digital oficial do governo, destacando que agora também era uma questão de saúde pública, e não só de “novas tecnologias”.

Durante o Fórum Econômico Mundial, evento que aconteceu em Davos, Paulo Guedes já tinha deixado a entender que tinha a intenção de implementar uma moeda digital, até mesmo para lidar com a concorrência de moedas privadas.

Bancos Centrais estão desenvolvendo moedas digitais soberanas

Conforme já estávamos relatando no Cointimes, essa é uma tendência mundial há muito tempo, e a pandemia do Covid-19 se mostra apenas como um gatilho a mais para apressar esses projetos.

De fato, a contaminação do papel-moeda e o espalhamento de vírus e bactérias demonstra mais uma das desvantagens de usar o dinheiro físico.

Por conta disso, o Banco de Compensações Internacionais (BIS) emitiu um relatório pedindo a rápida adoção de pagamentos digitais, incluindo as moedas digitais de Bancos Centrais, para substituir dinheiro físico em meio a pandemia.

Embora o relatório diga que o contágio devido ao manuseio de dinheiro seja improvável, alertou que é perfeitamente possível.

Mas enquanto os governos do mundo inteiro ainda estão desenvolvendo uma forma de controlar o dinheiro digitalmente, o Bitcoin é uma moeda privada sem um controlador central que já funciona praticamente sem interrupções há mais de uma década.

E a propósito, você sabia que já temos nossa própria stablecoin brasileira? Conheça esse projeto da CriptoBRL no nosso canal!