Passfolio

Não é a primeira nem será a última acusação de que criptomoedas são uma bolha, mas no caso do Discípulo de Warren Buffett, essa afirmação vem sobre uma nova perspectiva e não diz respeito a todo o mercado, mas aos projetos sem fundamentos ou fraudulentos. Entenda.

O discípulo de Warren Buffett

Mohnish Pabrai é um empresário e investidor indiano-americano que em 1991 abriu uma empresa de consultoria em Tecnologia da Informação (TI) e serviços de integração de sistemas, por US $100.000, vendendo a companhia por US $20 milhões em 2000, nove anos depois.

Mohnish Pabrai, o Discípulo de Warren Buffett
Mohnish Pabrai, o Discípulo de Warren Buffett

Atualmente o investidor é sócio-diretor do Pabrai Investment Funds, uma gestora de fundos de proteção (hedge funds) baseada no modelo criado por Warren Buffett com a Buffett Partnerships.

Além de basear sua própria empresa na do macro-investidor e bilionário de 91 anos, Mohnish Pabrai possui outras semelhanças à Buffett e é chamado por alguns de “discípulo de Warren Buffett”. Pabrai gosta bastante do setor tecnológico, tendo bastante sucesso ao investir em empresas deste mercado e é considerado um investidor com boa reputação.

Passfolio

O mercado cripto está vivendo uma bolha como a dotcom

De acordo com Mohnish, o mercado de criptomoedas está vivendo uma bolha econômica muito semelhante à que ocorreu durante a bolha dotcom, quando centenas de empresas e startups surgiram no grande hype da internet, mas muitas, com poucos bons fundamentos, foram a falência, causando um grande crash financeiro no mercado que levou milhares de investidores à perderem bilhões de dólares em capital.

O empresário ressalta que “bolhas são muito comuns” e que “Algumas são muito pequenas e, ocasionalmente, temos essas bolhas muito gigantes… Como a bolha dotcom (’98-2000)”.

Bolhas normalmente são compostas por picos rápidos

Não é de hoje que um grande investidor chama o mercado de criptomoedas de bolha e também não é de hoje que este argumento é rebatido por outros especialistas, investidores e economistas de sucesso.

Um destes é a empresa de investimentos, Well Fargo, que baseia sua réplica no argumento de que bolhas não duram tanto tempo, sendo um evento normalmente muito agudo e de curta duração.

Em paralelo a isso, está a comparação do Discípulo de Warren Buffett com a bolha dotcom, que durou apenas dois anos em uma rápida ascensão de centenas de empresas, seguida de um rápido declínio.

O mercado estar vivendo uma bolha, não significa que todo o mercado seja uma bolha

Apesar de Mohnish Pabrai dizer que ele acredita que o mercado está vivendo em uma bolha e que a grande maioria dos projetos vai acabar sem valor nenhum, retornando ao preço inicial (zero), ele não parece acreditar que todo o mercado seja composto por ativos sem fundamentos e que toda a indústria cripto seja uma grande bolha.

Em entrevista para a CNBC, ele disse que:

“Acho que a maioria das ações e das criptomoedas no final serão um grande zero (…) O que tínhamos hoje não está na mesma escala que tínhamos em 1999, 2000… é muito mais silencioso. Eu diria que a bolha séria aqui hoje está limitada a uma parcela relativamente pequena do mercado. Não é onipresente.”

De acordo com o Discípulo de Warren Buffet: Escolha projetos com fundamentos de longo prazo

Pabrai se mostra otimista em relação às bolhas e diz que são, não apenas um fenômeno muito comum, mas extremamente necessário para manter o mercado saudável, já que o estouro das bolhas faz o favor de limpar o mercado de diversas fraudes.

Desta forma podemos interpretar que existem momentos de bolha no mercado cripto, com o crescimento desenfreado de milhares de projetos com fundamentos fracos ou fraudulentos, seguidos de um rápido crash que retoma a saúde do mercado. Através desta leitura é possível interpretar que o ano de 2021 foi uma rápida bolha que está, neste momento atual de quedas, limpando o mercado. Basta observar projetos com a LUNA, que alcançaram o top 10, sendo levados à zero.

Saiba mais: Se você está comprando LUNA para participar do Airdrop, pense duas vezes

Reportamos aqui no Cointimes diversos outros casos de projetos que “morreram”, como o ETERNAL, ou o CCAR, por exemplo.

Como conselho aos investidores, o Discípulo de Warren Buffett diz que:

“As melhores empresas/projetos sobrevivem”.

Saiba mais: 5 métricas para análise fundamentalista do mercado cripto que você precisa conhecer

“[Mais] 90% das [empresas] pontocom desapareceram como deveriam.” Os investidores precisam entender o negócio. “Você tem que ter uma forte crença no que você acha que os negócios serão daqui a cinco ou 10 anos. E se você não tem uma visão sobre isso, então acho melhor você não fazer essas apostas”, disse Pabrai.

Leia mais:

Passfolio