Acompanhando as tendências do mercado, a Getbots passou a oferecer aos clientes a opção de pagamento com criptomoedas. A empresa é pioneira no setor de atuação ao receber Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) por serviços realizados. O meio de pagamento está disponível a partir deste mês.

Especializada em chatbots e interfaces conversacionais, a Getbots atende clientes como Samsung, Seara, Swift e Danone. Com a nova forma de pagamento, os clientes que optarem por essa modalidade receberão um endereço da carteira da empresa para destinação do valor em criptomoedas.

“Ser uma das primeiras empresas do mercado corporativo no Brasil a aceitar pagamento em criptomoeda é um grande desafio, mas estou bastante animado com esta iniciativa”, ressalta o cofundador e CEO da Getbots, Luiz Tardelli. A empresa ainda ressalta que “os valores recebidos serão declarados e seguirão todas as regras previstas nas leis brasileiras.”

A ideia de aceitar pagamentos em criptomoeda vem desde meados de 2017, quando Tardelli conheceu o potencial da tecnologia blockchain. A decisão foi acompanhada por um consultor especializado para definir o melhor momento do mercado, a popularização e a valorização das criptomoedas.

Facilidade de pagamento

Por conta da natureza descentralizada do Bitcoin e do Ethereum, os pagamentos em cripto não têm instituições bancárias como intermediários e podem ser feitos por qualquer pessoa, a qualquer hora do dia e em qualquer local, sem limites de valor.

Além disso, as moedas possuem suas próprias “políticas monetárias”, definidas pelo mecanismo de consenso da rede, não estando sujeitas à inflação global, o preço de cada uma é definida apenas pela própria oferta e procura. Apesar da volatilidade ser uma crítica constante para o aceitação das criptomoedas como forma de pagamento, isso vem diminuindo consideravelmente com o passar dos anos.

Sem cobrar nenhuma taxa adicicional pelo pagamento em cripto, a Getbots considerou a modalidade de pagamento vantajosa para o cliente, que tem uma opção ágil e segura de realizar o pagamento.

“Somos uma empresa em que toda nossa visão, trabalho e estrutura é baseada em atuar com dados. Utilizar um chatbot nos negócios é muito além de entregar apenas comunicação. É promover a transformação que os dados podem proporcionar entre as pessoas e as empresas. Se antes os dados eram considerados apenas nas campanhas de marketing e publicidade, atualmente devem ser considerados por todas as áreas de uma companhia, proporcionando inteligência estratégica de negócios”, finaliza Luiz Tardelli.

Veja também: Porque Druckenmiller e Tudor Jones mudaram de ideia sobre o Bitcoin


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!