Desde 2013 faço tutoriais sobre criptomoedas, que vão de mineração até alguns textos mais libertários.

Sempre imaginei que o Bitcoin poderia revolucionar nossa sociedade, passaram-se 6 anos e minha certeza de que essa tecnologia está revolucionando o mundo é ainda maior.

São vários motivos pelos quais eu acredito que o Bitcoin é uma tecnologia revolucionária, como dizem os libertários e entusiastas .

O primeiro e talvez maior é fato de que a tecnologia está ficando cada vez mais acessível. Quando entrei na faculdade de Ciências da Computação em meados de 2013, absolutamente ninguém fazia ideia do que era esse tal de Bitcoin.

O FIM DO REAL BANNER

Hoje, meus professores usam bitcoin, baixam e testam carteiras. Parte dos alunos já se arriscou a comprar um pouco e testar a criptomoeda, se não usaram eu ensino na hora.

Mas você poderia dizer, poxa, esse é o seu universo. Quando que a Dona Maria vai começar a usar Bitcoin? Quando as pessoas comuns vão adotar a tecnologia? Se uma pessoa simples não consegue usar o bitcoin, como ele vai revolucionar o mundo?

Dona Maria e a Internet

A resposta para essas perguntas podem não ser exatas, porém temos alguns comparativos no que tange a adoção de tecnologias.

Eu lembro da primeira vez que uma conexão com a internet foi instalada na minha casa, em 2001, minha mãe (Dona Maria, por sinal) achava que essa tal de internet era só composta de bandidos, criminosos e meia dúzia de sites “honestos”.

É interessante notar que em 2013 um discurso muito parecido era aplicado a esse “tal de Bitcoin”, uma moeda só usada por bandidos e meia dúzia de pessoas honestas. Quem não se lembra do SilkRoad?

Minha mãe tinha receio daquele novo meio de comunicação que era bem caro, lento e “cheio de bandidos”. E ela estava certa, como sempre. O que a fez mudar de opinião foi o desenvolvimento da internet.

O bitcoin está fazendo um caminho parecido!

Inicialmente ele era muito usado por bandidos, geralmente eles são os primeiros a adotar qualquer tecnologia. Hoje temos universidades de renome comprando bitcoin.

Ele é lento? Sim! Mas “linhas de fibra ótica” estão sendo construídas com a Lightning Network. Tarefa nada fácil, custosa mas essencial!

E a dificuldade de usar? Bom, a Dona Maria utiliza não apenas usa o e-mail como antigamente, mas também aplicativos de banco com seus atrasados códigos de barra e tokens bem chatos.

A Maria não faz ideia que enviando um email, por trás, ela está usando o protocolo TCP/IP e que a transação dela no site do banco é protegida por TLS, e nem precisa saber.

A verdadeira adoção acontecerá quando conseguirmos abstrair as layers técnicas do Bitcoin, transformar a criptomoeda em algo mais fácil de usar que um aplicativo bancário.

E isso vai acontecer, vem acontecendo, é apenas uma questão de tempo.

Preço e risco

Alguns argumentam que a volatilidade no preço do bitcoin será o principal fator que impedirá sua adoção. Nenhum trabalhador gostaria de ver seu salário perder 30% de valor do dia para a noite. Outro problema é assumir que o Bitcoin será extremamente volátil para sempre.

Como qualquer outro ativo na economia, seu preço é determinado subjetivamente. Então as pessoas ainda estão descobrindo o seu preço real e esse processo de descoberta, é permanente. O ouro e outras commodities que já foram moedas, também eram voláteis.

Mas da mesma forma, aposto que o trabalhador não gosta de tarifas bancárias absurdas, dificuldades no uso do cartão de débito, quedas constantes do sistema bancário, burocracia para usar o próprio dinheiro, perder ainda mais dinheiro nas remessas internacionais e tantos problemas que nosso sistema centralizado apresenta.

A verdade é que o Bitcoin está se encaminhando para ser uma plataforma sob a qual serão construídas inúmeras aplicações que ainda nem sabemos quais irão surgir. É muito cedo para dizer se alguma coisa fracassou ou não.

Em breve poderemos ver o surgimento de moedas estáveis usando a Lightning Network, tokens e aplicações financeiras diversas. E tudo com pouca burocracia, um sistema que funciona 24 horas, não fica fora do ar e tem um custo de transação absurdamente baixo.

Os especuladores vão continuar, aumentar e prosperar! Se eles já fazem esse tipo de especulação lucrando e indiretamente garantir a estabilidade do arroz e feijão da Dona Maria, eles farão o mesmo com o Bitcoin.

Quem utiliza a palavra especulação de forma derrogativa ou não entende de economia, ou sabe muito bem e está sendo mal intencionado. Os especuladores são essenciais para qualquer sistema econômico, afinal, eles garantem sua liquidez. Veja em nosso texto abaixo:

Entendo muito bem que algumas pessoas acham que o bitcoin não será uma ferramenta revolucionária, que a Dona Maria é incapaz e que dez anos é muito tempo para provar qualquer ponto sobre uma determinada tecnologia.

Mas vale lembrar que a internet foi criada na década de 70 e até hoje uma boa parte da população vive sem ela, a Dona Maria hoje usa Instagram, guarda o seu token bancário, compra e vende pela internet e até mesmo se organiza em grupos de Whatsapp para espalhar notícias, sejam elas verdadeiras ou não.

O Bitcoin é quase tudo que se vende mesmo, basta conhecer suas possibilidades, trabalhar todo dia para melhorá-lo e retirar do mercado aqueles que vendem uma ideia errada do Bitcoin, como já vem sendo feito ao longo dos anos.

Para aqueles que não acreditam no futuro da criptomoeda, bom, existe um caminho muito fácil.

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br