Passfolio

Jim Cramer, apresentador na CNBC, afirmou que investidores devem dar preferência para ações lucrativas e à prova de recessão, em vez de ações conceituais.

Com a queda das principais ações de tech na quinta-feira, Cramer observou que, ainda que essas ações tenham sofrido, elas continuam “fantásticas” e se destacam das ações “ruins” por duas razões principais.

Saiba mais: China aprova 60 novos jogos e setor de tech dispara

A primeira razão é que as ações consideradas lucrativas têm um lado negativo definido, “devido a esse dividendo e à falta de sensibilidade às taxas de juros.” A outra, é que essas ações são de empresas maduras, que já passaram por recessões antes “e saíram ainda mais fortes,” disse Cramer. 

Passfolio

Alguns dos nomes sugeridos por Cramer incluem o ex-Facebook Meta (META, -3,65%), a Amazon (AMZN, -5,21%) e a Apple (AAPL, -3,05%). 

Cramer também reforçou que “investidores devem comprar ações de empresas que fazem coisas reais, e que dão lucro no processo, ações relativamente baratas com bons dividendos ou buybacks.”  

Para seguir os conselhos de Cramer e investir em ações a partir do mercado acionário norte-americano sem precisar comprar BDR ou ETF, crie sua conta na Passfolio.

Leia mais:

Passfolio