A comunidade da plataforma em blockchain Steem pretende fazer um hardfork nesta sexta-feira, e o motivo é expulsar Justin Sun, criador da TRON.

Conforme SteamPeak, desenvolvedor front-end da Steem, o fork vai resultar em um novo blockchain chamado de “Hive”.

A separação é liderada por membros da comunidade que não aceitaram a compra da Steemit Inc por Justin Sun. Em 24/02 Justin Sun comprou a Steemit Inc, empresa por trás do desenvolvimento do blockchain da Steem.

Em conjunto com o “CNPJ”, Sun adquiriu milhões de STEEM Power – a meoda usada em votações no blockchain – se tornando um dos maiores stakeholder da comunidade.

Enquanto a compra de bitcoins não influencia no desenvolvimento e andar da criptomoeda, na Steem isso tem muito valor, pois o sistema é de Proof-of-Stake. Ou seja, quem tem mais tokens consegue ter maior influência.

Veja também: Quem paga pelo desenvolvimento do Bitcoin?

Take over das exchanges

Contudo, a comunidade não gostou da compra e resolveu congelar os fundos de Sun temporariamente. Ação que foi desfeita pelos maiores donos de Steem Power, as exchanges de criptomoedas.

Binance, Huobi, Poloniex e outras fizeram uma tomada de poder hostil. A guerra entre membros da comunidade e grandes detentores de STEEM Power se intensificou.

“Quando Justin [Sun] a adquiriu, a Steemit tinha absolutamente algum valor forte, na forma de propriedade intelectual, marca e desenvolvedores experientes de blockchain e front-end. Mas agora, todos os desenvolvedores que ele adquiriu se foram (todos eles saíram da empresa)”, disse um grande validador de blocos na Steem, Blocktrade.

Após mais de 1 mês de brigas internas, finalmente a comunidade tomará o controle do seu próprio blockchain. Assim como no fork do Bitcoin Cash, o blockchain será duplicado. Isso significa que quem tem tokens na Steem receberá na Hive também.

Veja: Fundador da Tron vai doar US$1 milhão para Greta Thunberg