O governo Trump parece estar sempre um passo atrás na luta contra o coronavírus, enquanto bilionários como Jeff Bezos, Bill Gates, e outros bilionários estão reunindo esforços voluntários para oferecer soluções concretas.

Os ultra-ricos estão colocando seu próprio dinheiro, conhecimento e recursos em risco para aliviar o impacto da pandemia global.

O que você vai ler nesse artigo:

  • O governo Trump não está conseguindo conter o impacto do novo coronavírus de várias maneiras.
  • Os bilionários estão doando seus ativos e conhecimentos para combater o COVID-19.
  • Ações de caridade de grandes empresas superam o apoio do governo.

+LEIA MAIS: Forbes: 10 mais ricos perderam US$38 bilhões na “Segunda-Feira Negra”

Jeff Bezos aproveita a Amazon para fornecer itens de necessidades básicas

Enquanto os governadores ordenam medidas rigorosas de bloqueio, muitos agora contam com o comércio digital para suprir suas necessidades básicas. A Amazon, sendo a maior varejista on-line do mundo, está enfrentando o desafio.

Jeff Bezos aprimorou a cadeia de suprimentos da gigante do comércio eletrônico para atender à crescente demanda.

Em uma carta aos funcionários, Bezos escreveu:

“Alteramos nossos processos de logística, transporte, cadeia de suprimentos, compras e vendedores de terceiros para priorizar o estoque e a entrega de itens essenciais, como grampos domésticos, desinfetantes, fórmula para bebês e suprimentos médicos.

Estamos fornecendo um serviço vital para as pessoas em todos os lugares, especialmente para as pessoas mais vulneráveis, como os idosos.”

Bezos também está contratando 100.000 trabalhadores e dando aos funcionários aumento salarial. Ele está fazendo isso para que a Amazon possa continuar cumprindo pedidos nesses tempos difíceis.

+LEIA MAIS: Jeff Bezos saca US$4 bi. em ações e maratona compras milionárias

Bill Gates doando para ajudar pesquisadores a desenvolver uma vacina

Enquanto Donald Trump ainda estava focado em se gabar do crescimento do mercado de ações, Bill Gates estava ocupado apoiando os cientistas.

Em fevereiro, Gates doou 100 milhões de dólares para combater o coronavírus.

Através da Fundação (Bill e Melinda) Gates, US$20 milhões serão destinados a organizações como o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA.

O dinheiro será usado para ajudar a linha de frente a detectar, conter e tratar o vírus. Outros US$20 milhões irão para países em risco na África e no sul da Ásia.

Os US$60 milhões restantes são destinados ao desenvolvimento de vacinas, tratamento e diagnóstico.

Recentemente Bill Gates renunciou seu cargo na Microsoft e na holding de Warren Buffett para se dedicar à filantropia; parece que ele realmente está cumprindo com seus objetivos.

+LEIA MAIS: Bill Gates deixa conselho da Microsoft e da Berkshire Hathaway para se dedicar à filantropia

Ambev fabrica álcool em gel para doar para hospitais

Em meio a escassez de álcool em gel, a gigante cervejaria brasileira Ambev aproveitou sua cadeia de produção de cerveja para produzir álcool em gel e distribuir para hospitais públicos.

A ação foi semelhante a outra que aconteceu na França, pela empresa LVMH, que aproveitou sua produção de perfumes para fornecer álcool em gel gratuitamente.

Enquanto os diversos governos falham em assumir a responsabilidade de solucionar a escassez de equipamentos médicos e itens básicos, os indivíduos fazem um trabalho bem melhor por iniciativa própria.