As exchanges de criptomoedas que atuam no Brasil registraram volume de 20.412,45 BTC em janeiro de 2022, o equivalente a R$ 4,5 bilhões de reais. Apesar da movimentação bilionária, é o terceiro mês consecutivo em que o volume brasileiro cai.

De acordo com dados coletados pelo CoinTrader Monitor, o volume médio diário do mês de janeiro de 2022 foi de 658,47 BTC. Isso equivale a R$ 127.925.223, levando em conta a cotação atual do bitcoin.

Volume de BTC por dia no mês de janeiro em cada corretora brasileira de bitcoin. Fonte: Cointrader Monitor.
Volume de BTC por dia no mês de janeiro em cada corretora brasileira de bitcoin. Fonte: Cointrader Monitor.

Volume no Brasil vê terceiro mês seguido em queda

Segundo as informações prestadas pelas próprias exchanges através de APIs, o volume brasileiro vem caindo desde novembro, tanto em BTC quanto em reais:

  • Volume de novembro de 2021: 26.655,94 bitcoins (R$ 9 bi)
  • Volume de dezembro de 2021: 24.407,42 bitcoins (R$ 6,9 bi)
  • Volume de janeiro de 2021: 20.412,45 bitcoins (R$ 4,5 bi)

Em outubro, foram 35.482,50 bitcoins movimentados, no valor de cerca de R$ 11,5 bi, um aumento de 25,7% em relação a setembro.

A queda pode estar relacionada à diminuição do interesse em criptomoedas conforme a cotação do bitcoin cai, em meio a discussões sobre o “inverno cripto“, também conhecido como bear market.

Somente de 1 de janeiro até 31 de janeiro o bitcoin enfrentou uma baixa de 23,27% em real, conforme mostra o gráfico abaixo.

Preço Bitcoin Brasil

Porém, os brasileiros não estão tão preocupados com a retração do BTC, já que a balança comercial do Banco Central mostrou que os brasileiros compraram R$ 5,9 bi em criptomoedas e venderam só R$ 47 milhões em 2021 – crescimento de 81% em relação a 2020.

O otimismo em relação ao potencial do principal ativo digital do mercado é visto também no mercado internacional, conforme grandes players do mercado como Michael Saylor continuam comprando quantias milionárias de bitcoin e antigos críticos voltam a adotar o BTC.

Um recente relatório da Fidelity, uma das maiores gestoras de fundos do mundo, afirmou que “o Bitcoin é uma forma superior de dinheiro“, reforçando também a convicção de investidores institucionais.

Veja também:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br