Novos dados mostram que o Bitcoin também pode ser mais escasso do que se pensava, pois 7,78% da oferta atual de BTC não é movida há mais de 10 anos.

A oferta limitada do Bitcoin tem sido um dos seus atributos mais promissores. Esse recurso foi um dos principais motivos pelos quais a criptomoeda foi amplamente aceita como um ativo de “porto seguro”.

+ LEIA MAIS: A tese de reserva de valor do Bitcoin sobrevive?

Parte dos bitcoins “dormentes” há mais de 10 anos podem pertencer a Satoshi Nakamoto, além de alguns outros pioneiros, mas é altamente provável que uma grande parte deles possa ser atribuída a moedas perdidas.


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

De qualquer maneira, o aumento da escassez que isso fornece ao BTC aumenta a sua perspectiva macro.

R$ 70 bilhões em bitcoin permanecem dormentes há mais de uma década

A oferta total de 21 milhões de Bitcoin o torna um dos únicos ativos fixos do mundo.

Agora parece que a criptomoeda de referência pode até ser mais escassa do que se pensava anteriormente, pois os dados mostram que pouco menos de 8% da oferta atual está inativa há mais de uma década.

A grande maioria dessas moedas provavelmente está perdida – o que significa que elas estão trancadas dentro de carteiras às quais os usuários perderam suas chaves.

O usuário Unfolded falou sobre isso em um recente tweet, oferecendo dados da plataforma de análise Glassnode.

“7,78% (~ US$ 13 bilhões) da oferta atual de Bitcoin não são movidos há mais de 10 anos.”

HODL Waves (ondas de hodl)

A escassez do Bitcoin melhora o seu cenário macro

A escassez de Bitcoin é um enorme componente de suas perspectivas de longo prazo.

Ele também desempenha um papel essencial no modelo de taxa de escassez da criptomoeda que foi popularizado pelo analista PlanB.

Esse modelo pesa a oferta circulante existente de um ativo – e, neste caso, o Bitcoin – com sua produção anual.

“O modelo de taxa de escassez chega a um número que mostra quantos anos, na taxa de produção atual, são necessários para atingir o estoque atual. Quanto maior o número, maior o preço.”

O modelo de análise técnica prevê que o Bitcoin chegue a US$ 100.000 nos próximos dois anos. Mas se formos desconsiderar as moedas dormentes, o preço alcançaria níveis ainda maiores.

No entanto, bitcoins intocáveis podem voltar a qualquer momento, assim como aconteceu com os 50 bitcoins de 2009 que se moveram recentemente, e inclusive se especulou uma volta de Satoshi.

Gostou do conteúdo? Então não perca nenhuma publicação do Cointimes nos seguindo nas principais redes sociais, InstagramTwitterFacebookYouTube e Telegram!


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!