O Bitcoin (BTC) tem enxergado uma alta de quase 7% neste sábado (24), refletindo uma excelente semana para o criptoativo.

Caso você tenha perdido algum acontecimento relevante, veja o resumo dos últimos dias para o Bitcoin e o mercado de criptomoedas. Para saber mais sobre cada evento, não deixe de clicar nos links abaixo e ler as matérias completas.

  • Na quarta-feira, nós ficamos sabendo que a SpaceX está investindo em bitcoin assim como a Tesla. Elon Musk revelou isso na conferência The B Word, onde debateu com Jack Dorsey e Cathie Wood. Ele também revelou a sua carteira de investimentos que se resume em sua participação em suas empresas, Tesla, SpaceX, Neuralink e The Boring Company e, fora isso, ele tem bitcoin e um pouco de ethereum e dogecoin.
  • Twitter vai integrar o Bitcoin; em uma conferência com os investidores da rede social, o CEO Jack Dorsey explicou como a criptomoeda seria importante para o futuro da empresa. O Twitter pode desenvolver novos produtos como inscrições pagas, e-commerce, super follows, gorjetas, e tudo isso com uma moeda global, sem precisar se preocupar com uma implementação diferente para cada moeda fiduciária do mundo.
  • A Amazon quer aceitar criptomoedas; Sim, a gigantesca Amazon está abrindo uma vaga para líder de produto que tenha um conhecimento profundo sobre blockchain e criptomoedas. Para a revista Insider, um porta-voz da Amazon confirmou que a empresa pretendia aceitar cripto dos clientes nos sites da Amazon. Porém, ainda não está claro se o interesse está em bitcoin, altcoins, moedas digitais de bancos centrais ou se criarão um token próprio.

Resultados de pesquisas recentes mostram uma mudança de paradigma

Essa semana também nos trouxe muitos dados pertinentes sobre o sentimento dos investidores em relação ao bitcoin. Veja abaixo os principais insights dos últimos estudos do Goldman Sachs, Fidelity e Gallup.

  • 1 em cada 10 adultos nos Estados Unidos possui bitcoin; Em 2018, apenas 3% dos investidores americanos com idades entre 18 e 49 anos possuía BTC em carteira, agora são 13%.
  • Para os investidores com mais de 50 anos, esse número é de apenas 3 em cada 100. Mas isso já mostra um avanço de quando era apenas 1% em 2018.
  • A porcentagem de investidores em geral chamando o Bitcoin de “muito arriscado” caiu de 75% em 2018 para 60% hoje.
  • 70% dos investidores institucionais mostraram interesse em comprar criptomoedas em algum momento no futuro.
  • 90% dos investidores institucionais que mostraram interesse em ativos digitais esperam que os portfólios de suas empresas ou clientes incluam investimentos diretos em criptomoedas, exposição por meio de ações ou outros produtos nos próximos 5 anos.
  • Mais da metade dos escritórios familiares querem bitcoin, já que 15% deles já estão investindo e outros 45% estariam interessados em mergulhar no espaço como uma proteção para “inflação mais alta, taxas [de juros] baixas prolongadas e outros desenvolvimentos macroeconômicos após um ano de estímulo fiscal e monetário global sem precedentes”.

Não é surpreendente que os principais criptoativos do mercado estejam em alta essa semana, veja abaixo a variação recente das maiores moedas em marketcap pelo Coingolive.

Leia também: Joguei Axie Infinity por 1 mês, quanto deu para ganhar?

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br