Passfolio

O fundador da Ethereum (ETH) refletiu sobre o futuro das stablecoins algorítmicas após o caos causado pelo colapso da TerraUSD (UST) no início deste mês.

Em seu blog, Buterin analisou o sentimento demonstrado pelas pessoas sobre as stablecoins em meio ao desastre envolvendo a Terra, argumentando que o ocorrido levou a “uma tempestade de críticas às stablecoins algorítmicas como uma categoria,” e apontando que muitos as estão vendo como um “produto fundamentalmente defeituoso.”

Entretanto, Buterin enfatiza a necessidade do equilíbrio ao avaliar os méritos e riscos dentro do mundo das finanças descentralizadas (DeFi).

As análises minuciosas dos mecanismos financeiros DeFi, especialmente aqueles que se esforçam muito para otimizar a ‘eficiência do capital’, são altamente bem-vindas.

Um maior reconhecimento de que o desempenho atual não é garantia de retornos futuros (ou mesmo a ausência de colapso total no futuro) é ainda mais bem-vindo.

O erro, no entanto, é olhar todas as stablecoins com os mesmos olhos e descartar totalmente a categoria.

Com isso, Buterin apresenta dois testes teóricos, o primeiro questiona se uma stablecoin algorítmica é capaz de cair suavemente até zero usuários em vez de desabar. Sob essa instância, usuários deveriam poder extrair o valor justo de sua liquidez do ativo.

Passfolio

O que acontece se olharmos para uma stablecoin a partir da perspectiva radical de que a capacidade do sistema de evitar o colapso e a perda de enormes quantidades de fundos de usuários não deve depender de um constante fluxo de novos usuários?” 

O segundo teste considera o que aconteceria se uma stablecoin permanecesse indexada à valorização de 20% por cada ano. Para Buterin, existem apenas dois resultados possíveis neste caso, ou o projeto “cobra um tipo de taxa de juros negativa dos detentores para cancelar a taxa de crescimento denominada em dólares incorporada ao índice,” ou ele se transforma em um Ponzi, “dando bons retornos aos detentores de stablecoins por certo tempo até que, um dia, de repente, desmorona.”

Buterin conclui com o pensamento de que o mercado cripto deveria evitar tentar imitar o modelo de moedas fiat, e destaca a necessidade de testar a força de um projeto, tanto em condições estacionárias como voláteis.

O espaço cripto precisa se afastar da atitude de que não há problema em alcançar a segurança, confiando no crescimento infinito. Certamente não é aceitável manter essa atitude com a justificativa de que “o mundo fiat funciona dessa maneira,” porque o mundo fiat não está tentando oferecer a ninguém retornos que subam mais rápido que a economia regular, fora dos casos isolados que certamente devem ser criticados com a mesma ferocidade.

Em vez disso, Buterin sugere que investidores devem “avaliar quão seguros são os sistemas, analisando seu estado estacionário, como eles lidariam com condições extremas e, em última instância, se podem ou não ser desligados com segurança. Mas a solidez de estado estacionário e de caso extremo deve sempre ser uma das primeiras coisas que verificamos.”

Leia mais:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.