Monero e outras moedas privadas têm se destacada nos últimos meses, tanto de uma perspectiva positiva (ajudando o UNIFEC Austrália) quanto de forma negativa (com malwares usando a criptomoeda).

Há algumas soluções para o mercado de moedas privadas, como é o caso do Zcash (veja o review aqui), mas nenhuma dessas alternativas teve um desempenho tão bom quanto o Monero nesse inicio de segundo semestre. No dia 31 de agosto a XRM batia 14% de valorização e era a moeda mais negociada em algumas exchanges descentralizadas.

monero

O movimento de alta, que continua até o momento que escrevo a matéria, se dá depois da publicação do estudo lançado pela Satis Group, empresa que faz estudos sobre ICOs.

A equipe da Satis analisou diversos fatores que predizem um crescimento de 38.391%, nos próximos 10 anos para XMR, uma tragédia para outras altcoins.

Um exemplo de moeda que irá se desvalorizar é a  XRP (Ripple), segundo a previsão da Satis,  perderá 99% do valor de mercado.

satis_monero

Para os pesquisadores, a moeda da Ripple está com um valor muito maior do que aquilo que ela entrega. Eles percebem criptomoedas com pouco diferencial, como Bitcoin Cash, como hypes do momento. Diferente da análise sobre a Dash e a Decred, que são citadas como projetos diferenciados por sua estrutura de tomada de decisões.

A extrema valorização do Monero seria explicada por diversos fatores, o primeiro deles é a manutenção de sua posição no mercado:

privacidade monero

Vemos uma redução do uso da Dash para transações privadas, o que faz sentido, pois a Darksend não é tão segura quanto os métodos utilizados pelo Monero ou Zcash (ZEC). Falando em ZEC, a redução da participação no mercado de privacidade se dá graças ao baixo uso das transações privadas, como eu explico no post de análise abaixo:

O que é Zcash – A criptomoeda com rituais secretos e tecnologia inovadora

Outro fator que mantém o Monero na liderança é sua grande comunidade de desenvolvedores, como explico na avaliação da Monero, o sistema de financiamento em pesquisa e desenvolvimento está funcionando muito bem.

O aumento do controle de capitais, desvalorização de moedas estatais,  crescimento de conflitos e instabilidades globais, são fatores que vão contribuir para o aumento da alocação de capital em redes de reserva de valor anônimas.

Todos os fatores acima se somam a penetração das moedas privadas no mercado de depósitos offshore. No gráfico abaixo podemos ver a penetração do total addressable market (mercado total disponível) em cada setor de atuação das criptomoedas:

TAM_mkt

Obter 90% de um mercado de 32 trilhões de dólares pode realmente trazer uma grande valorização para as moedas privadas.

Como explicamos no post sobre sobre as moedas com grande potencial, o Monero, terá ainda diversas melhorias  no seu código nesse ano. Em outubro está prevista o lançamento de uma grande atualização, chamada de Bulletproof, aumentando a privacidade e diminuindo o tamanho das transações.

Criptomoedas promissoras em baixa que podem se valorizar

O que o estudo deixou de mencionar?

Conforme o Monero vai criando importância no ambiente de criptomoedas, o poder computacional que faz a segurança de rede também tende a aumentar.

Monero Hash Rate 3 meses

Isso significa que outras aplicações podem utilizar o mesmo poder computacional para fazer a segurança de sua rede. É o caso da Tari, uma plataforma desenvolvida pelos desenvolvedores do Monero e que irá competir no mercado de ICOs.

Fizemos um resumo dessa plataforma no posta abaixo:

Tari – Plataforma de ICO do Monero

O relatório também erra ao afirmar que apenas 5% das transações na rede da Zcash são privadas, quando na verdade o número se mantém em torno de 14%. É bem possível que esse número cresça após algumas atualizações de software programadas para outubro, ou seja, talvez a hegemonia do Monero não seja tão certa.

O fator principal desse estudo, é a penetração do TAM, esse número conta com o aumento de instabilidades no cenário global, bem como a escalada no controle de capitais por grandes nações. Tais fatores são muito subjetivos e dependem de intrincadas decisões políticas. Mas é claro, a opção de utilizar Monero ou Zcash é extremamente atrativa para pessoas que querem proteger seu patrimônio, sendo bem possível que um número aproximado desse TAM seja alocado em criptomoedas como o Monero.

Por fim vale ressaltar que, como em todo estudo, ele pode estar errado. O mercado de criptomoedas é muito novo, novas ideias e implementações surgem a todo momento.

Por isso é importante ficar de olho nas notícias, a melhor forma de fazer isso é se inscrever no canal do Cointimes no Telegram, é só acessar https://t.me/newscointimes.