Craig Wright atualmente trava uma batalha legal com a propriedade de seu ex-parceiro de negócios, David Kleiman, por 1,1 milhão de bitcoins, que valem cerca de 41 bilhões de reais.

Wright, que afirma ser Satoshi Nakamoto, o inventor do Bitcoin, publicou uma atualização sobre o status das chaves privadas e sua capacidade de acessar os bitcoins, satisfazendo uma decisão do tribunal que o obriga a entregar metade para o espólio de Kleiman.

Nada de chaves para Craig Wright por enquanto

No início deste mês, a juíza dos EUA Beth Bloom deu a Wright um prazo de 3 de fevereiro para cumprir. Wright respondeu afirmativamente, alegando que um “correio alfandegado” que possui as chaves para desbloquear o Bitcoin criptografado chegaria este mês.

Até a aparição do referido correio, Wright disse que os bitcoins permaneceriam inacessíveis.

A encomenda chegou e Wright a forneceu aos bens de Kleiman, registrando um aviso de conformidade com o Tribunal Distrital dos EUA no sul da Flórida em 14 de janeiro. A lista continha 16.404 endereços Bitcoin.

No entanto, o advogado de Wright diz que, apesar de seu cliente ter declarou sob juramento que um “arquivo criptografado” contendo a lista de endereços públicos e chaves privadas permitiria que ele acessasse as criptomoedas, ele não tem acesso de fato.

O advogado Andres Rivero comentou o conteúdo da lista:

“O arquivo que ele recebeu não inclui chaves privadas.”

Sem as chaves privadas para descriptografar os endereços, Wright não consegue entregar os 4,9 bilhões de dólares ao espólio de Kleiman.

De acordo com o portal Decrypt,

“Wright ainda espera que ele receba as chaves posteriormente. Rivero disse que as chaves podem vir inteiras ou divididas em partes, mas se recusou a discutir mais detalhes sobre quem tem as chaves e quando elas podem chegar.”

Os bitcoins desse caso judicial foram minerados nos primeiros dias. Se acessados por Wright, poderiam provar sua declaração de que ele é Satoshi Nakamoto. Mas, à medida que o caso se desenrola, Wright foi acusado de falsificar documentos e mentir.

À luz das alegações e acusações contra Wright, ele não acredita mais que desbloquear os bitcoins silenciaria seus críticos ou converteria os céticos em aceitá-lo como o verdadeiro Satoshi.

Em uma entrevista ao Modern Consensus na quarta-feira, Wright descreveu um resultado provável se ele destravasse os primeiros bitcoins.

“Acho que isso não calaria as pessoas. Eu acho que isso agitaria as coisas e o que acabaria acontecendo é que as pessoas estavam correndo dizendo que eu roubei moedas. Ou alguma outra besteira.”

O caso aguarda julgamento.

Continue lendo: Como fazer short do Bitcoin Satoshi Vision