As criptomoedas perderam mais de US$ 80 bilhões em capitalização de mercado nesta quarta-feira (15), enquanto o BTC luta para ficar acima de US$ 20.000 e o ETH está em pouco mais de US$ 1.000.

Os movimentos adversos de preços nos mercados de criptomoedas simplesmente se recusam a parar, já que o bitcoin caiu novamente e pode romper abaixo da marca de US$ 20.000. Algumas altcoins estão em situações ainda piores, com o TRX caindo 25%, enquanto o ETH ameaça cair abaixo de US$ 1.000.

A alta histórica de 2017 será o fundo deste bear market?

Notavelmente, o bitcoin chegou em 20 mil dólares pela primeira vez em dezembro de 2017, quando os investidores de varejo apresentaram exagerada euforia.

Agora, depois do bitcoin já ter alcançado a máxima histórica (all time high – ATH) de US$ 69.000, a mesma faixa de preço de US$ 20 mil causa “Medo Extremo”, segundo o indicador de Medo & Ganância.

Passfolio
Índice de Medo e Ganância do mercado cripto perto das mínimas históricas. Fonte: Alternative.me

Foi apenas na semana passada, quando a principal criptomoeda estava vendo um mercado otimista e buscou a cotação de US$ 32.000 em algumas ocasiões. No entanto, os touros (traders que apostam na alta) falharam e o preço caiu para cerca de US $ 30.000.

Os números de inflação dos EUA de sexta-feira supostamente ajudaram a derrubar o BTC em mil dólares antes que a situação piorasse durante o fim de semana. Em apenas alguns dias, o ativo caiu para US$ 26.000, mas ainda mais dor seguiu.

O bitcoin caiu 3 mil dólares na segunda-feira para uma mínima de vários anos e, após uma pequena sessão de recuperação ontem, caiu para US$ 21.000. A paisagem hoje também é vermelha. O BTC está atualmente sendo negociado neste nível, mas arrisca quebrar abaixo da ATH de 2017 de US$ 20.000.

Se isso acontecer, poderá desencadear ainda mais vendas no mercado, pelo menos de acordo com Arthur Hayes, fundador da BitMEX.

O investidor bilionário Mike Novogratz também falou sobre a força de suporte dos níveis de US$ 20.000 para o BTC e US$ 1.000 para o ether (ETH), dizendo que acredita serem os fundos para estas criptomoedas.

No momento da escrita desta matéria, o valor de mercado do BTC caiu para próximo de US$ 400 bilhões, e sua dominância sobre as alts está abaixo de 45%. A dominância líquida, porém, está em 63%, de acordo com dados do Coingolive.

Dados do preço do BTC. Reprodução/Coingolive.

Mercado cripto perde US$ 80 bilhões

​​As altcoins sofreram tanto ou até pior que o BTC, e a maioria continua a sofrer. O ETH está entre os perdedores mais substanciais, tendo perdido quase 37% de seu valor em dólares em cerca de uma semana. Nesta manhã, a segunda maior criptomoeda se aproximou de quebrar abaixo de US$ 1.000, após outra queda diária significativa.

O BNB também se aproximou de cair abaixo de US$ 200 depois de perder 11% em um dia. No momento, está com queda de 2,25% nas últimas 24 horas, após breve recuperação. Cardano, Solana e Dogecoin caíram em porcentagens semelhantes, enquanto XRP, DOT e Shiba Inu caíram um pouco menos.

TRON perdeu o maior valor em um dia. Um declínio maciço de 25% empurrou o TRX para menos de US $ 0,05. No momento da escrita desta matéria, porém, o ativo digital é negociado a US$ 0,058 após subir 4% em uma hora.

Com as altcoins de baixa e média capitalização em situações semelhantes, não é de admirar que o valor total do mercado de criptomoedas tenha perdido outros US$ 80 bilhões em um dia.

Leia mais:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.