A massiva liquidação de Bitcoin da semana passada que levou seu preço para menos de US$ 4.000 veio de detentores de curto prazo, segundo novo relatório.

Os detentores de longo prazo, por outro lado, em sua maioria não estão movendo ou vendendo seus bitcoins, pelo menos por enquanto.

Novos players venderam seus BTCs

Os dias 12 e 13 de março deste ano, mais tarde ficaram conhecido como uns dos piores dias de negociação no mercado de criptomoedas. O Bitcoin e a maioria das moedas alternativas diminuíram em até 50% em menos de 24 horas após extensas vendas.

De acordo com um relatório compilado pelo popular recurso de monitoramento CoinMetrics, a maioria das vendas de BTC veio de detentores de curto prazo.

Eles chegaram a essa conclusão monitorando transações on-chain em participações substanciais de Bitcoin nos dias anteriores à queda que antes eram intocadas por um período específico.

Assim, o documento indica que 281 mil bitcoins intocados por pelo menos trinta dias foram revividos, mas apenas 4.131 desse montante não eram movidos há mais de um ano.

Em outras palavras, quase 277 mil bitcoins foram transferidos em 11 e 12 de março por investidores que mantêm seus ativos há menos de um ano.

Oferta de bitcoins "revividos"
Estudo indica que grande maioria dos bitcoins vendidos eram de detentores de curto prazo

Ao mesmo tempo, a CoinMetrics informou que os detentores de longo prazo (ou HODLers) não haviam movido um suprimento atipicamente grande de suas participações em Bitcoin.

gráfico mostra que bitcoins dos hodlers não se mexeram tanto assim
Análise indica que hodlers de longo prazo não moveram tanto seus bitcoins

O fluxo de dinheiro vai para stablecoins e exchanges

O documento também mencionou para onde a maioria do fluxo de dinheiro foi nesse período de muitas vendas. Nos mercados financeiros tradicionais, a maioria dos investidores está transformando seus ativos em dinheiro. No cripto-mercado, a situação é semelhante, mas em vez de dinheiro vivo, stablecoins.

Em cinco dias, de 10 a 15 de março, o valor de mercado do Tether emitido pelo Ethereum (USDT_ETH) aumentou aproximadamente US$ 300M. O USD Coin (USDC), outra stablecoin popular, observou um crescimento do valor de mercado próximo a US$ 150 milhões nessas datas.

Além disso, as maiores exchanges de criptomoedas, incluindo Binance, Bitfinex, BitMEX, Bitstamp, Huobi e outras, tiveram um fluxo de mais de 160.000 BTC no dia 12.

Da mesma forma, essas exchanges registraram uma saída total de cerca de 171.000 BTC neste dia. Ambos foram os fluxos e saídas mais substanciais em 24h em mais de dois anos.

Outflows de exchanges de bitcoin
Outflows das principais exchanges estrangeiras de bitcoin

Artigo recomendado: Halving: O que muda para investidores e mineradores?