• Mineradores de Ethereum buscam alternativas para receber suas recompensas de mineração das pools colaborativas, para evitar as altas taxas da rede.
  • Desenvolvedores podem ter encontrado uma maneira de contornar o problema e aumentar o lucro dos mineradores com fork de software open-source.

O software open-ethereum-pool

Uma pool de mineração é uma cooperativa, onde mineradores contribuem com hashrate para aumentar suas chances de encontrar blocos através da Prova de Trabalho (POW – Proof of Work).

Como a descoberta de um novo bloco é baseada em probabilidades – que aumentam ou diminuem de acordo com a hashrate gerada pelo minerador – pode ser interessante que, por exemplo, um minerador de ethereum, escolha se juntar à outros mineradores de ethereum para melhor sua chance de descobrir um bloco e receber a recompensa – que é o objetivo central do negócio de mineração.

Um desenvolvedor anônimo sob o usuário Sammy007 (github) desenvolveu um software open-source chamado open-ethereum-pool, recebendo a colaboração de dois outros desenvolvedores anônimos e também de Alex Leverington, que já fez parte da equipe core de desenvolvimento do Ethereum.

Com o OEP (open-ethereum-pool), pools de mineradores de ethereum podem ser formadas com mais facilidade, sem que os envolvidos precisem de muito conhecimento técnico ou dediquem muito tempo para criar a infraestrutura necessária para gerar hashrate de forma colaborativa e distribuir as recompensas proporcionais para cada minerador que colaborou com a descoberta do bloco.

A ferramenta é tão importante e útil que atualmente 15 pools de ethereum, entre as maiores, já utilizam o software, ou um fork próprio em seu sistema.

Cada uma destas pools possuem centenas (senão milhares) de mineradores de ethereum que estão trabalhando em conjunto para manter a rede segura com o PoW e ainda receber recompensas financeiras.

lista com as pools de mineradores de ethereum do mundo (top 15).

Taxas altas são um problema para os mineradores de ethereum

As taxas de transação na rede da Ethereum estão entre as maiores taxas de todos os projetos blockchain que existem no mercado.

Em parte isso é culpa do próprio protocolo, mas também da crescente adoção e utilização da rede para os mais diversos projetos relacionados com DeFi, Metaverso, Web 3.0, NFT, Contratos Inteligentes e Aplicativos Descentralizados.

Como em todo negócio, o foco dos participantes é aumentar seu lucro e isso pode ser alcançado aumentando o faturamento ao mesmo tempo em que se diminuem os custos.

Taxas são ‘custos’ e muitas vezes elas são até mesmo impeditivas para os pequenos mineradores, que não conseguem gerar trabalho o suficiente para receber a recompensa maior do que a taxa que será cobrada na transação de pagamento.

Saiba mais: Gas – Taxas de rede da Ethereum superam R$1.500 na Uniswap

Por exemplo, um minerador de ethereum que consiga produzir o equivalente a US$ 100,00 de recompensa ao dia, poderia muitas vezes ver mais da metade de seu lucro sendo destinado apenas à taxa de transação, que varia diariamente, mas está ao redor de US$ 50,00.

Isso faz com que (1) ele precise acumular mais recompensas antes de receber o pagamento, o que pode prejudicar seu modelo de negócio por diversos motivos, como:

  • Queda no preço do ETH, diminuindo o valor dolarizado na hora de vender o ether para realizar o lucro e pagar por manutenção, equipamentos novos, reinvestimento e seu próprio sustento familiar.
  • Incerteza sobre quando as próximas recompensas serão recebidas (se forem recebidas), já que a descoberta do bloco sofre uma variância gigantesca.

Ou então, (2) decida abrir mão da parte do lucro e assumir as taxas, recebendo menos.

Ao buscar uma solução para este problema, a – atualmente – sexta maior pool de mineração de ethereum do mundo, Pool2Miners, revolucionou a forma de pagar seus mineradores, disponibilizando a opção de receberem as recompensas diariamente em BTC ou XNO, ao invés de ETH.

As vantagens competitivas que o pagamento em nano oferece, são de grande impacto para qualquer modelo de negócio, ao conseguir reduzir o custo das taxas para zero, já que o protocolo da Nano (XNO) não possui taxas em seu próprio desenho e a rede funciona muito bem de forma segura e eficiente desde 2015, apoiada por centenas de nodes que validam as transações 24 horas por dia.

Além de taxa zero, uma transação de nano é confirmada definitivamente em menos de 1 segundo, o que diminui impactos de volatilidade de preço para o minerador de ethereum que quiser realizar seu lucro.

Saiba mais: Vale a pena comprar Nano? 100 dias de análise fundamentalista

A criação da zerofeespool e um fork do open-ethereum-pool

Um dos desenvolvedores independentes da comunidade da Nano, James Coxon (jayycox, no reddit), realizou um fork do software open-ethereum-pool, para incluir um script pronto de pagamentos em nano, semelhante ao da Pool2Miners.

Dessa forma, pools de mineração que quiserem oferecer uma funcionalidade semelhante a da 2Miners para seus mineradores de ethereum, simplesmente precisam adotar o fork com essa opção.

O open-ethereum-pool possui mais de 1.000 forks realizados por diversos desenvolvedores diferentes e 1.300 avaliações positivas no GitHub.

dados da Open Ethereum Mining Pool no GitHub

Para testar a implementação do fork, James Coxon criou sua própria pool de mineração de Ethereum – a zerofeespool – que foi configurada para não cobrar nenhuma taxa própria dos mineradores de ethereum que são voluntários no projeto e estavam há 24 dias gerando trabalho sem uma certeza de que o pagamento sequer iria funcionar.

A força tarefa foi levantada na comunidade da nano, com todas as informações muito transparentes, nenhuma garantia de remuneração foi dada e desde o início foi deixado claro que o projeto era apenas uma forma de testar o software para ser utilizado por qualquer outra pool de mineração de ethereum, caso funcionasse.

Funcionou e agora já é possível ser um minerador de ethereum e receber em XNO

A zerofeepool encontrou seu primeiro bloco na quarta-feira (02/03/22) e, segundo relatos na comunidade, os mineradores de ethereum participantes já receberam o pagamento de sua parte da recompensa de bloco em nano e sem taxas.

Dados do bloco encontrado pela zerofeepool e pelos mineradores de ethereum da nano

Por se tratar de um software open-source, qualquer uma das 15 grandes pools de Ethereum (ETH) que utilizam o software original podem fazer a migração e disponibilizar a opção do minerador receber em nano, sem taxas e em menos de 1 segundo.

Outras pools também podem fazer o mesmo e, de acordo com Jayycox, já existem muitos interessados nos fórums e outras comunidades que vêm acompanhando o projeto piloto e agora já possuem um resultado concreto que demonstra seu funcionamento e seus benefícios.

Leia mais:

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br