Peter Schiff, um conhecido comentarista financeiro dos EUA, entusiasta do ouro como reserva de valor e seguidor da Escola Austríaca de Economia; afirma que o governo norte-americano criou uma bolha muito grave com a inflação, que está prestes a explodir.

A mesma lógica utilizada por ele pode ser aplicada para a realidade econômica do Brasil.

Quem é Peter Schiff

Peter David Schiff (@PeterSchiff) é um autor, empresário e comentarista financeiro dos Estados Unidos. CEO e chief global strategist da corretora de valores Euro Pacific Capital Inc.

Foto Peter Schiff de terno e gravata.

Schiff é conhecido por sua visão pessimista em relação ao dólar e à economia norte-americana, sua visão otimista em relação à commodities e moedas fortes que podem ser uma boa reserva de valor contra o dólar e ao mesmo tempo sua visão muito crítica em relação ao Bitcoin (BTC).

O autor muitas vezes se engaja em debates públicos contra entusiastas do bitcoin, inclusive em embates com seu próprio filho, Spencer Schiff (@SpencerKSchiff), que joga no time dos “laser eyes” (olhos laser – que representam um “bitcoiner”).

Discussão no twitter entre pai e filho sobre inflação, bitcoin e bolha

Inflação é uma bolha prestes à explodir

Quando Schiff fala sobre inflação – e quando eu falo sobre inflação – não está se referindo à definição de inflação comumente utilizada na mídia e pelos órgãos oficiais do governo, mas aquela definida pela Escola Austríaca.

Para saber mais: Descubra de quanto é a inflação real da moeda brasileira; e como isso nos afeta

De forma resumida, inflação não é um efeito subjetivo que foge de nosso controle, através do aumento de preços, mas uma decisão consciente e objetiva de políticas monetárias que aumentam o fornecimento circulante do dinheiro.

Bolha de ativos e uma economia super alavancada

Peter Schiff disse neste tweet que:

“Os investidores estão lentamente percebendo que o FED apertará demais a política monetária para sustentar bolhas de ativos e uma economia super alavancada, mas não o suficiente para combater a inflação. A estagflação veio para ficar. A corrida para sair dos dólares e dos ativos financeiros dos EUA começou!”

Entrevista no programa de televisão Newsmax

Ao ser entrevistado no programa Newsmax, Schiff fez mais comentários sobre como enxerga a bolha que foi criada e está a ponto de colapsar, decorrente das políticas monetárias do Federal Reserve – o banco central dos Estados Unidos.

Qualquer semelhança com o Brasil, às políticas monetárias do Banco Central e a bolha financeira em que estamos envolvidos; não é mera coincidência.

A primeira pergunta foi: como o Federal Reserve vai resolver o problema da inflação?

“Simplificando, não vai. O Fed vai piorar.”

Peter disse, em primeiro lugar, que o Fed está mentindo sobre a extensão do problema. O CPI (Consumer Price Index – equivalente ao nosso IPCA) não mede o aumento dos preços com precisão.

“Se usarmos o mesmo CPI que usamos durante os anos 70 e 80 e aplicarmos os números hoje, obteríamos cerca de 15% de inflação em 2021. Então, o ano passado foi pior do que qualquer ano da década de 1970 e foi pior do 1980, quando o IPC subiu 13,5%. Então, esta é a pior inflação que já vimos.”

“Vai ficar ainda pior. Acabamos de ver a ponta de um iceberg inflacionário”.

Como entramos nessa confusão – bolha – para começar?

“O Fed criou o problema. Eles estão imprimindo todo esse dinheiro.”

“Eles colocaram as impressoras em superprodução durante a pandemia. Mas tínhamos um problema ainda maior.

O governo forçou as pessoas a pararem de trabalhar durante a pandemia. Então, as pessoas não estavam no trabalho. Eles não estavam produzindo mercadorias. Eles não estavam prestando serviços.

Eles deveriam ter gasto menos dinheiro porque não estavam ganhando dinheiro. O governo cometeu o erro de enviar dinheiro de estímulo a todos para que pudessem sair e gastar dinheiro para comprar produtos que nem existiam porque não foram criados.

É por isso que temos uma escassez de oferta – porque todo mundo está gastando dinheiro que o Fed imprimiu, não dinheiro que eles ganharam produzindo bens e prestando serviços. Então, é um golpe duplo. Os preços estão ficando balísticos. E este ano vai ser pior do que o anterior.”

Taxas de juros podem ajudar a resolver o problema?

O Fed disse que planeja aumentar as taxas de juros, possivelmente para 2% até 2022. Peter comparou isso a cuspir no oceano.

“A inflação já é de 7%, mesmo aceitando os números do governo, que são mentira. Como combater a inflação de 7% com taxas de juros de 2%?”

“Lembre-se, o Fed tinha taxas de juros de 2,5% em 2018, quando não havia inflação para combater. O IPC subiu apenas 1,9% em 2018. No entanto, o Fed não vai aumentar as taxas de juros agora para um nível que estava na época. Então, a coisa toda é uma mentira.

A verdade é que se o Fed realmente aumentasse as taxas de juros o suficiente para combater a inflação, esmagaria a economia. Teríamos uma crise financeira pior do que a de 2008. O mercado de ações quebraria – mercado de títulos, mercado imobiliário.

O governo teria que cortar gastos porque as taxas de juros disparariam. E para evitar que isso aconteça, o Fed não vai combater a inflação e é por isso que vai ficar muito pior.”

Nós estamos vivendo em uma grande bolha financeira

“Estamos vivendo em uma bolha gigantesca, e agora estamos começando a ver isso porque os preços estão realmente começando a subir e não há como impedi-los de subir.”

“E é aí que tudo desmorona. Porque, eventualmente, esse ambiente estagflacionário em que estamos, que será muito pior do que a década de 1970 – mais inflação e uma economia mais fraca – vai estourar essa bolha. Então, mesmo que o Fed não o faça, os mercados o farão por eles.”

Com a inflação tão difundida, Peter disse que qualquer pessoa aposentada ou que queira se aposentar precisa sair do dólar (ou do Real para o que nos afeta no Brasil)

A inflação vai acabar com você. É um imposto gigantesco e vai empobrecer uma geração inteira, a menos que eles ajam rapidamente para entrar em ativos reais. … Você tem que possuir coisas reais que não podem ser impressas, porque se você possuir apenas papel, você será exterminado.”

Como agir rápido para evitar fazer parte de toda uma possível geração empobrecida?

As moedas fiduciárias são amplamente influenciadas por políticas monetárias que, por sua vez, são amplamente influenciadas por decisões políticas com foco em vencer eleições e não em solucionar problemas reais das pessoas.

O que torna este tipo de moeda uma forma de valor extremamente frágil e passível de bolhas.

Saiba mais: Em entrevista, George Coxon fala sobre o potencial de um dinheiro digital sem influências políticas.

É preciso recorrer a ativos que são chamados de Reserva de Valor, pois sua proposta é exatamente a de proteger o patrimônio contra bolhas financeiras.

Algumas características que fazem um ativo ser uma boa reserva de valor são:

  • Escassez (de oferta);
  • Liquidez;
  • Soberania;
  • Demanda (uso).

Alguns bons exemplos de reserva de valor são Propriedades Imobiliárias, Ouro (segundo Peter Schiff), Prata, Bitcoin, Nano, Monero, Bitcoin Cash, entre outros.

Leia mais:

Compre Bitcoin na Coinext
Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br