Um usuário da empresa de empréstimos Blockfi contou uma história bizarra sobre como perdeu o equivalente a US$1,5 milhão em bitcoin. 

A história foi contada no fórum de atendimento da Blockfi, empresa que pega e faz empréstimos em criptomoedas e viralizou nas redes sociais durante o final de semana. 

Como perder R$1,5 milhão em bitcoin?

“Eu peguei um empréstimo de US$ 300 mil e coloquei US$600 mil em BTC como garantia. O mercado continuou caindo, então continuei postando garantias conforme necessário para manter o empréstimo saudável”, conta o usuário da Blockfi. 

Pegar empréstimos colateralizados (com garantia) em bitcoin tem se tornado uma opção para alguns investidores, visto que as taxas de juros são baixas e você sempre pode adicionar mais garantias para não perder seus bitcoins. 

Estava tudo ocorrendo bem, contudo, a empresa de empréstimos chamou de volta o empréstimo devido a “exposição indireta a serviços de mixing”. Os serviços de mixing misturam os bitcoins dos usuários para tentar confundir empresas de análise em blockchain. 

Entretanto, geralmente esses bitcoins ficam marcados como “mixados” e muitas vezes não são aceitos em exchanges e outros serviços. 

“Em resumo, peguei um empréstimo quando o BTC estava em 65.000, me custou mais de US $ 6.000 em taxas, paguei dois meses de pagamentos de empréstimo (US $ 2.500 +), fui liquidado em US $ 37.000 alguns MINUTOS antes de uma alta para US $ 42.000 hoje por causa da “exposição indireta à mixing ” e agora perdi mais da metade dos meus bitcoins, tenho uma enorme conta a pagar de impostos e perdi uma fortuna.”, concluiu o usuário.

Perder bitcoin, um pesadelo no blockchain

câmera com fundo vermelho

O consumidor afirma que comprou seus bitcoins em maio de 2020 na exchange descentralizada BISQ e guardou em sua carteira Trezor, sem fazer “mixing”. O que aconteceu?

O dono anterior dos bitcoins fez o mixing da criptomoeda e quem pagou a conta foi o novo comprador. Qualquer pessoa ou empresa está suscetível a receber bitcoins que serão rejeitados em corretoras e até mesmo usados em investigações policiais. 

Isso acontece devido a extrema transparência do blockchain do bitcoin, o que permite a investigação de crimes, pontuação do histórico de transações de cada endereço e até mesmo de cada transação. 

Há algumas maneiras de se proteger contra isso: comprar softwares de análise caríssimos da Chainalysis, não aceitar bitcoin de estranhos, analisar na mão cada transação (contando com a sorte), apenas vender bitcoin para quem não tem ferramentas de análise ou usar moedas privadas como Monero e Zcash

A Blockfi afirmou que ainda está investigando. Nós continuamos seguindo o caso para te manter informado.

Leia também:

Perdeu dinheiro na queda do Bitcoin? Veja o que fazer depois de chorar

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br