O jogo de tiro play-to-earn Lightnite anunciou a mudança do seu ecossistema para o blockchain da Solana na quarta-feira (9/02), e a notícia não foi bem recebida por parte de seu público.

Em agosto do ano passado, o Cointimes apelidou o jogo de “Free Fire do Bitcoin“, pois se trata de um battle-royale online onde os jogadores recebem frações de bitcoin ao realizarem missões e ganharem partidas.

Apesar de adicionarem tokens não fungíveis (NFTs) no ecossistema, eles rodam na sidechain do Bitcoin desenvolvida pela Blockstream, a Liquid. Ou seja, tudo relacionado ao Lightnite, desenvolvido pela Satoshi’s Games, era voltado para a maior criptomoeda do mercado.

No dia 11 de novembro de 2021, a empresa por trás do game explicou que estava mudando sua abordagem “Bitcoin-only” (apenas Bitcoin) para uma “um foco agnóstico em blockchain”.

“Estamos transformando todos os nossos serviços para fornecer economias universais impulsionadas pela propriedade do jogador.

Acreditamos que a verdadeira propriedade de ativos digitais, escassez verificável, economias virtuais líquidas e mercados comunitários e serviços não custodiais são o futuro dos jogos.”, adicionou a companhia de jogos.

Através do produto Elixir Launcher, uma espécie de “Steam” de jogos play-to-earn, a Satoshi’s Games afirma que ainda manterá seu compromisso de ajudar a conectar jogos com uma economia baseada em blockchain e prover ferramentas para que outros desenvolvedores construam economias em cima da Lightning Network.

Na Solana, Lightnite ganha token próprio

De acordo com o anúncio de ontem, o “Free Fire (ou Fortnite) do Bitcoin” agora passa a ser um jogo baseado em Solana a partir de março de 2022. Veja alguns destaques dessa mudança.

Diferenças entre Lightnite Clássico e Lightnite na Solana
Diferenças entre Lightnite Clássico (que ainda vai existir) e Lightnite na Solana.

Basicamente, o novo jogo abandona o Bitcoin (BTC) e passa a utilizar um token próprio chamado de Light Nite Coin (LNC), além de ter seus NFTs no blockchain da Solana, em vez da Liquid.

Os NFTs de Lightnite passam a estar em 3 marketplaces diferentes e ganham algumas novas funcionalidades como staking e lending (empréstimos) na Solana. Além disso, eles podem ser usados de forma não custodial, diferente da Liquid, que por natureza tem a federação Liquid como custodiante dos tokens.

Diferenças entre NFTs na Solana e na Liquid Network
Diferenças entre NFTs na Solana e na Liquid Network

A principal justificativa para a mudança foi a velocidade da Solana e sua escalabilidade, que ainda é 10 vezes menor que a da Visa, mas atualmente 480 vezes maior que do Bitcoin, de acordo com o anúncio da empresa.

Por fim, a Satoshi’s Games planeja lançar uma coleção de 5050 NFTs no lançamento oficial do jogo, que agora promete ser gratuito e play-to-earn.

NFTs gênesis na Solana

Maximalistas alertam para mudança de visão

O Lightnite, por anteriormente se diferenciar da maioria dos games em blockchain ao utilizar somente tecnologias relacionadas ao Bitcoin, atraiu os gamers maximalistas. Agora a comunidade discute se abandonar a abordagem bitcoin-only foi ou não um erro.

Fato é que o atual público do jogo mostrou uma reação negativa.

“Bem, eu só comprei este jogo para apoiar a Lightning… desinstalação fácil para mim agora”, disse um usuário no Twitter.

“Deixando de seguir. Eu tinha boas esperanças para este projeto.”, comentou um bitcoiner brasileiro.

O boicote veio inclusive de antigos parceiros, como é o caso do BTC Sessions, que pediu para que seu NFT no jogo não estivesse disponível na versão da Solana. “Não quero meu nome associado a isso. Obrigado, galera.”, tuitou o influenciador reconhecido por seus óculos coloridos.

Mas talvez a crítica mais pesada tenha vindo de John Carvalho, atual CEO da Synonym e ex-CCO da Bitrefill, empresa parceira da Lightnite. Ele pediu reembolso por ter comprado o jogo e diz que a empresa agora está se envolvendo com um golpe.

Carvalho, conhecido como BitcoinErrorLog no Twitter, comentou que em 2017 um projeto de RyanXCharles, Yours.org, também abandonou o Bitcoin por uma altcoin (Litecoin) e acabou não dando certo.

“Aprendam com a história, idiotas.”, disse Carvalho.

Mas qual a sua opinião sobre a mudança de direção da Lightnite e Satoshi’s Games? Eles erraram ou agora podem ter um sucesso ainda maior com um novo público? Comente abaixo o que você achou.

Veja também: Ganhando criptomoedas de graça com faucets

Compre e venda Bitcoin e outras criptomoedas na Coinext
A corretora completa para investir com segurança e praticidade nas criptomoedas mais negociadas do mundo.
Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br