No Minuto Cointimes dessa semana temos, Exchange de bitcoins apoiando políticos, investidores de peso entrando no mercado, alternativas para o Facebook, legislação internacional vindo por aí e muito mais.

Exchange de bitcoins vai apoiar eleições em 2018

https://cointimes.com.br/exchange-vai-apoiar-eleicoes-2018/

É isso mesmo, a exchange americana de criptomoedas Coinbase criou uma espécie de fundo para apoio eleitoral.

Ela é a primeira empresa de grande porte do ramo a tomar tal atitude. Um sinal de maturidade do mercado? Ou corrupção para o sistema atual? Falamos mais sobre isso na nossa matéria sobre o tema, que está no box acima.

Alter - Criptoback

G20 busca regulação internacional para criptomoedas

https://cointimes.com.br/g20-busca-regulacao-para-criptomoedas/

As 20 maiores economias do mundo, um grupo que reúne os principais bancos centrais, reiterou sua intenção de levar ao setor de criptomoedas um padrão internacional no combate à lavagem de dinheiro.

Uma declaração feita no último Domingo confirmou que os países permanecerão vigilantes no monitoramento do setor de criptomoedas. O grupo já está trabalhando em regulamentações baseados em algumas análises de órgãos de pesquisa internacionais.

É bom ficar de olho nesse tipo de notícia, pois dependendo do tipo de regulamentação o preço dos ativos digitais pode oscilar muito.

Alter - Criptoback

Mudamos, app que usa blockchain para criar projetos de lei

mudamos

Falando em eleições, um novo app brasileiro está modificando como lidamos com nossa democracia.

O app “Mudamos” utiliza a tecnologia do blockchain para criar um banco de dados seguro, único e verificável. Nele os usuários conseguem propor projetos de lei para Casas Legislativas.

O app é apoiado pelo Google e por diversos movimentos que buscam a transparência no processo eleitoral.

Veja mais detalhes no site da ONG.

Alter - Criptoback

Ações do Facebook despencam 20% na última terça-feira

https://cointimes.com.br/foi-censurado-nas-redes-sociais-temos-uma-solucao-para-voce/

A maior rede social do mundo teve um resultado pífio no segundo trimestre de 2018. A companhia não atingiu as metas tanto na quantidade de usuários ativos, quanto no lucro esperado.

A gigante das mídias sociais está com a vida cada vez mais complicada, são muitos os competidores que estão usando as tecnologias das criptomoedas para prestar um serviço melhor. Veja no post abaixo:

 

Fundador do Digital Currency Group afirma o interesse de grandes investidores

https://cointimes.com.br/fundos-financeiros-olham-bitcoin/

Alter - Criptoback

O Digital Currency Group (DCG) é uma das principais empresas no ramo de criptomoedas, ela tem participação em diversos projetos de sucesso, como Coindesk, Zcash, Tari e outros.

O seu fundador Barry Silbert, disse estar otimista sobre o Bitcoin e afirmou que grandes empresas e fundos de investimento estão de olho no mercado de criptomoedas.

Com a entrada desses atores, qual será o preço de 1 bitcoin? Só podemos sonhar.

 


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br