O Departamento de Justiça dos EUA acaba de realizar a maior apreensão financeira de toda a sua história.

Um casal foi preso pelo FBI na manhã desta terça-feira (8) por supostamente ajudar a lavar 119.754 BTC (~R$ 23,7 bi) em bitcoin dos hackers da Bitfinex. Deste valor, por volta de R$ 19 bilhões em BTC foram confiscados.

A Bitfinex é uma das exchanges de criptomoedas mais tradicionais do mercado, em agosto de 2016 ela sofreu um significativo ataque hacker. Desde então os clientes já foram recompensados, mas o alto valor nas mãos dos atacantes sempre foi motivo de preocupação.

“As prisões de hoje e a maior apreensão financeira do departamento de todos os tempos mostram que a criptomoeda não é um refúgio seguro para criminosos”, disse a vice-procuradora-geral Lisa O. Monaco, lembrando que o Bitcoin não é a moeda ideal para criminosos:

Em um esforço inútil para manter o anonimato digital, os réus lavaram fundos roubados por meio de um labirinto de transações de criptomoedas. Graças ao trabalho meticuloso da aplicação da lei, o departamento mais uma vez mostrou como pode e seguirá o dinheiro, não importa a forma que ele assuma”.

Como o blockchain é completamente transparente, o Bitcoin acaba sendo uma ferramenta ruim para atividades ilícitas, diferentemente do que dizem os detratores da moeda digital.

“Hoje, a aplicação da lei federal demonstra mais uma vez que podemos seguir o dinheiro através do blockchain e que não permitiremos que a criptomoeda seja um refúgio seguro para lavagem de dinheiro ou uma zona de ilegalidade em nosso sistema financeiro”, disse o procurador-geral assistente Kenneth A. Polite Jr. da Divisão Criminal do Departamento de Justiça.

Moeda da Bitfinex sobe 40%

O token da exchange Bitfinex é diferente dos utility tokens tradicionais como FTX Token (FTT) ou Crypto.com (CRO), ele foi criado apenas com a intenção de superar o rombo da Bitfinex causado pelo ataque de 2016.

Uma das promessas do projeto era recomprar e queimar tokens caso os bitcoins roubados fossem recuperados, e a notícia de hoje representa um grande passo neste sentido.

Em comunicado oficial da Bitfinex, a corretora disse que estava cooperando com o Departamento de Justiça dos EUA desde o ocorrido e que iria continuar oferecendo ajuda.

A Bitfinex afirmou ainda que trabalhará com o Departamento de Justiça e seguirá os processos legais apropriados para estabelecer seus direitos de devolução dos bitcoins roubados.

“A Bitfinex pretende fornecer mais atualizações sobre seus esforços para obter a devolução do bitcoin roubado assim que essas atualizações estiverem disponíveis.”, diz o anúncio.

Conforme indicado no white paper do UNUS SED LEO, a Bitfinex diz que vai utilizar 80% dos bitcoins recuperados para comprar e queimar unidades dessa moeda.

Com o sucesso da justiça americana nesse caso, os detentores de UNUS SED LEO se beneficiaram com uma alta de 40%, conforme mostra o gráfico do CoinMarketCap abaixo.

Leia mais:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.