Passfolio

O slogan político “Let’s Go Brandon” (“Vamos lá, Brandon”) foi monetizado com a criação do token LGBCoin na blockchain do Ethereum e, na terça-feira, a NASCAR proibiu um acordo de patrocínio da criptomoeda para o corredor que originou o slogan – Brandon Brown.

Origem do grito “Let’s Go Brandon”

Se é a primeira vez que você está lendo sobre o “Let’s Go Brandon”, é importante saber que ele se originou em uma corrida NASCAR, mas não é um grito de apoio ao corredor Brandon Brown.

O slogan que se traduz como “Vamos lá, Brandon” na verdade é um grande e belo “F* Joe Biden”, tradução para, com eufemismo: “Vá se ferrar, Joe Biden”.

O grito teve sua origem no dia 02 de outubro de 2021, quando o piloto Brandon Brown venceu sua primeira corrida NASCAR e estava sendo entrevistado pela repórter Kelli Stavast – NBC.

Ao fundo da reportagem, foi possível ouvir alguém na multidão gritando: “F*** Joe Biden”, enquanto a repórter disse: “Você pode ouvir os gritos da multidão, ‘Let’s Go Brandon’”.

Foi o suficiente para o meme viralizar na internet, principalmente entre apoiadores de Donald Trump e da direita norte-americana.

Um meme que virou criptomoeda

Se tem algo que nós – na indústria cripto – estamos acostumados a ver, são memes sendo monetizados através de tokens criados em blockchain e abertos para negociação ao mercado.

Não demorou para o meme político anti-Biden se transformar no token – ERC-20, da rede Ethereum – LGBCoin.

Atualmente o token é negociado na Uniswap e SushiSwap por R$0,00000409, com um fornecimento total de “apenas” 330 trilhões de unidades.

Com uma capitalização de mercado totalmente diluída estimada de aproximadamente R$1 bilhão, o token ganhou certa relevância na mídia e entre conservadores, como é o caso de Candace Owens, uma conhecida autora e comentarista conservadora, que declarou em novembro que:

“Finalmente em cripto e ALL IN nessa moeda “Let’s Go Brandon”. Porque, #LetsGoBrandon.”

Endossando publicamente a compra de uma shitcoin sem projeto, sem utilidade e com um fornecimento total gigantesco, por motivos unicamente políticos.

Mais arriscado que uma shitcoin, só uma shitcoin política.

Uma criptomoeda que quase virou patrocínio

No dia 30 de dezembro de 2021, o corredor Brandon Brown – que originou o slogan, que originou o token – anunciou em seu twitter pessoal o patrocínio da LGBCoin, inclusive com a publicação de um vídeo profissional onde é possível ver Brandon recebendo um Camaro (Chevrolet) adesivado com informações sobre a shitcoin política.

De acordo com as regras e regulamentos da NASCAR, o circuito de stock-car é a única autoridade para aprovar patrocínios de carros de corrida e esquemas de pintura, que servem como outdoors móveis para produtos e empresas que ajudam a financiar os orçamentos multimilionários das equipes.

Assim, na terça-feira, dia 04 de janeiro de 2022, a associação proibiu o patrocínio e o uso da marca por Brandon durante o circuito.

De acordo com um responsável pela associação, a NASCAR deixou claro durante uma discussão em novembro sobre o potencial patrocínio, que não permitiria qualquer referência ou imagem baseada no “Let’s Go Brandon”.

A decisão formal da NASCAR não foi uma reversão, o responsável deixou claro, mas a primeira e última palavra do corpo governante sobre o assunto.

A moeda tem um volume muito baixo, o que afeta sua liquidez e pode ser considerada de alto risco. Por não ter nenhuma utilidade prática, o token poderia ver seu preço chegando a zero a qualquer momento.

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.