No Brasil a quantidade de pessoas que investe é muito baixa, segundo o Guiabolso, apenas 10% da população brasileira faz algum tipo de investimento e quem investe colhe retornos menores do que poderia. Nesse post vamos te explicar o que é investimento.

O que é investimento?

O ato de investir dinheiro significa aplicar capital com a expectativa de obter um benefício futuro, ou seja, um rendimento sobre o dinheiro investido, como juros, dividendos e lucros.

Para que um investimento seja lucrativo, é necessário que a sua taxa de lucro seja superior aos custos.

Por exemplo, um empresário pede emprestado R$200.000,00 para o seu banco a uma taxa de 3% ao mês, o objetivo do empréstimo é de comprar um maquinário de produção de sapatos.

Neste caso, é necessário que a taxa de lucro seja superior à taxa de juros do empréstimo, uma diferença entre ambos nos dá o Lucro ou Rendimento líquido.

Como o futuro é incerto, o risco quanto a rentabilidade do investimento é inevitável, uma vez que as condições futuras são desconhecidas.

Pode ser que o empresário cometa erros em suas previsões e expectativas, consumindo todo aquele capital e terminando sua operação no prejuízo.

Você deve estar ciente dos riscos do ato de investir antes de tomar uma decisão.

Risco x Retorno

Os investimentos estão sujeitos a duas variáveis: Risco e Retorno, sendo estas variáveis positivamente relacionadas.

Quanto maior for o risco de um investimento, maior será o potencial de retorno, o oposto também ocorre, quanto menor o risco, menor será o retorno.

O investidor deve tomar uma decisão considerando estas duas variáveis, é o seu papel estudar sobre o investimento e decidir o quanto do seu dinheiro arriscar com objetivo de obter se obter um benefício futuro.

Por conta disso, é essencial que o investidor continue permanentemente em um processo de educação sobre os investimentos de sua carteira.

Um exemplo prático é a Renda Fixa, que é um tipo de investimento que oferece pouco ou nenhum risco, no entanto, sua rentabilidade não é das mais altas, passando raramente de 0,5% ao mês.

Caso um investidor resolva aplicar R$4.210,00 em um fundo de Renda Fixa com rentabilidade de 6% por 2 anos terminará o prazo com R$4.715,00 dentro da carteira.

Um exemplo oposto é o mercado da Renda Variável, também conhecido como mercado de ações, imagine um investidor que comprou ações da Petrobras em fevereiro de 2016, quando a empresa estava sendo investigada na lava-jato, assumiu um investimento de altíssimo risco e retornos desconhecidos.

No entanto, quem comprou as ações em 2016 e esperou até abril de 2018 viu o preço das ações PETR4 subir de R$4,21 para R$20,98 neste meio tempo. Se ele tivesse comprado 1000 ações da Petrobrás, seu capital teria saído de R$4.210,00 para R$20.980,00.

Resumo

Investir é abrir mão de consumir hoje para colocar seu dinheiro em algum investimento que vai te dar um rendimento futuro. O retorno do seu investimento está ligado ao risco, quanto maior o risco, maior o potencial e o oposto também.

Espero que esse post tenha te ajudado a entender o que é investimento. Que tal começar a investir? Confira os posts abaixo:

https://cointimes.com.br/fundos-de-investimento/
https://cointimes.com.br/entenda-como-funciona-tesouro-direto/
https://cointimes.com.br/entenda-como-funciona-o-cdb/

Se você tiver uma opinião ou gostaria de discutir o assunto, deixe um comentário em nossa página, ou se preferir, pode entrar em nosso grupo do Whatsapp pelo link: Obtenha seu convite.

Você gostou desse conteúdo? Nós temos muito mais! Siga e compartilhe a página do Cointimes para se manter atualizado com os conteúdos mais relevantes. Estamos em todas as mídias sociais também: FacebookTwitterInstagram.