A saga com um dos maiores supostos projetos de fraude no mundo das criptomoedas continua. Os funcionários da PlusToken foram presos há vários meses, mas um relatório recente mostra que mais de R$ 409,5 milhões em Ethers foram transferidos de uma carteira da empresa para uma desconhecida.

Notícias recomendadas:
++ G44 Brasil, suspeita de pirâmide na mira da Polícia Civil, palestrou na BitConf
++ Onecoin fora do ar enquanto pirâmide de R$ 16 bilhões quebra

PlusToken movimenta R$ 409 milhões em Ethereum

O popular recurso de monitoramento de criptomoedas, o Whale Alert, capturou recentemente uma grande transação de 789.525 ETH. O que é notável é que se originou da carteira da PlusToken.

A transação ocorreu hoje cedo; no entanto, o endereço do destinatário é desconhecido. Como seis membros da equipe inicial já foram presos, a comunidade especula que pelo menos um ainda está livre e atualmente está acessando os fundos.

Suposta história do gigantesco Ponzi chinês

O PlusToken surgiu como uma carteira de criptomoedas que podia gerar altas taxas de retorno para seus usuários. Tudo o que eles precisavam fazer era comprar os tokens Plus com Bitcoin e Ethereum, e os retornos seriam gerados por “lucro em trades, receita de mineração e benefícios de referência”.

Embora isso já tenha uma cara suspeita, o PlusToken se tornou popular na China, sendo listado em várias bolsas de valores no país. Além disso, chegou a um preço de 350 dólares por token antes de começar a derreter quando as autoridades começaram a reprimi-lo.

Pequim alegou que o PlusToken é um esquema ilegal de Ponzi e a polícia chinesa foi a Vanuatu para fazer a prisão de seis pessoas ligadas ao projeto. Mais tarde, os policiais deportaram todos eles para a China continental.

Após as prisões, um relatório da Chainalysis rastreou pelo menos 800.000 ETH e 45.000 BTC sendo transferidos das carteiras oficiais PlusToken para os próprios endereços dos golpistas para lavagem.

Ele também afirma que 790.000 ETH estavam parados em outra carteira, o que provavelmente foi a transação detectada hoje.

PlusToken é culpado pelo dump do Bitcoin?

O mercado de criptomoedas perdeu cerca de R$ 49 bilhões de seu valor total de mercado após alguns dias consecutivos de movimentos negativos de preços.


++ Ponzi da China pode ser responsável pela queda no preço do Bitcoin


O preço do Bitcoin, por exemplo, chegou a US$ 6.400, enquanto o Ethereum ficou abaixo de US$ 120, o Litecoin estava em US$ 35.

O mesmo relatório foi divulgado algumas horas antes do início do declínio de preços e também mostra que liquidações de uma quantidade tão notável de criptomoedas podem estar por trás da queda.

No entanto, a Chainalysis não conseguiu confirmar com certeza se a liquidação é responsável pelo declínio dos preços, mas observou que era plausível:

“No entanto, podemos dizer que esses saques causam maior volatilidade no preço do Bitcoin e se correlacionam significativamente com as quedas de preço do Bitcoin.”

Continue lendo: Como pagar suas dívidas com descontos de até 98%