O cético do Bitcoin e fundador da Suno, Tiago Reis, voltou a criticar o mercado de criptomoedas, mas desta vez seu alvo foi a centralização das corretoras como a Binance.

Reis comentou a decisão da Binance de deixar de aceitar cartões de créditos de bancos russos sancionados por países ocidentais. Ele disse no Twitter:

““Descentralizado” pero no mucho… Quando interessar, podem restringir seu acesso a negociação. Primeiro fizeram isso com os russos. Amanhã pode ser qualquer um.”

Pasmem, corretoras tradicionais (CEX – Centralized Exchanges) são centralizadas

O analista de ações tem razão sobre a capacidade de corretoras censurarem seus clientes, por isso os entusiastas da comunidade sempre repetem os lemas “Se não são suas chaves, não são seus bitcoins” (not your keys, not your coins), “Exchange não é carteira” e outros.

Respondendo um usuário que explicou que a Binance era centralizada, Tiago afirmou que “a narrativa nunca foi negada”.

“Sério? Curioso que nunca vi uma campanha “Binance, aqui somos Centralizados raiz”. A narrativa de descentralização nunca foi negada. E não é só eles. Todas omitiram nas suas campanhas publicitárias isso. E muitos acreditaram que era descentralizado, só pela omissão.”

No entanto, sempre foi claro que as corretoras como a Binance eram entidades centralizadas. Uma compensação (trade-off) para a formação de livros de ofertas, úteis para a liquidez das criptomoedas.

O próprio CEO da Binance, conhecido como CZ, se refere à corretora como uma “plataforma centralizada”. Como a acusação de Reis se estende para outras corretoras, como não lembrar do CEO da Kraken tendo problemas com o governo por promover a auto-custódia.

“Sim, já aconteceu e vai acontecer [o governo pedir para a Kraken congelar fundos de usuários] e 100% sim, seremos obrigados a cumprir. Se você está preocupado com isso, não mantenha seus fundos com nenhum custodiante centralizado/regulado. Não podemos protegê-lo. Pegue suas moedas/dinheiro e negocie apenas p2p.”, disse Jesse Powell, dono da corretora Kraken.

Mesmo com a confissão de alguns executivos de que as corretoras são entidades centralizadas e passíveis de censura, essa não é a melhor característica para se divulgar em anúncios publicitários, como sugere que façam.

Tiago Reis já critica o mercado de criptomoedas há pelo menos quatro anos, em fevereiro de 2018 ele sugeriu que o Bitcoin era uma bolha e que talvez fosse o brasileiro que mais leu livros a respeito de bolhas.

Em fevereiro de 2022, mostrou que não entendia como a mineração de bitcoin funcionava ao dizer que os brasileiros estavam comprando bitcoins de Satoshi Nakamoto.

Veja também:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.