A guerra de narrativas sobre reserva de valor entre o Bitcoin e o ouro se intensificou enquanto a Rússia invadiu a Ucrânia e abalou os mercados financeiros.

Na quinta-feira (24), a queda do Bitcoin foi tópico de discussões à medida que o ouro cumpriu seu papel como porto seguro, valorizando em meio às incertezas globais. O jornalista da Bloomberg, David Ingles, comentou: “Porto seguro: Ouro ou Bitcoin? Descobrimos hoje.”

O debate chegou ao Brasil quando o economista Pablo Spyer, CEO da VaiTourinho, repercutiu o movimento dos dois ativos na sua conta do Twitter para quase 200 mil seguidores.

Discutivelmente, existem algumas vantagens do ouro sobre o Bitcoin, principalmente em relação a sua tradicionalidade. São milhares de anos de história como um bem monetário, enquanto o Bitcoin consiste em um software distribuído relativamente novo.

Por outro lado, o Bitcoin, mesmo sendo digital, garante características ainda mais sólidas que as do próprio ouro, através do consenso de rede e da própria matemática. A escassez programada, por exemplo, é uma delas.

Ainda mais importante é a transportabilidade sem intermediários e a resistência à censura, que fazem do ativo digital tão valioso para momentos de crise, restrições locais e até mesmo sanções internacionais.

Bitcoin reage

Possivelmente por conta desses fundamentos, o bitcoin e outras criptomoedas estão sendo cada vez mais usadas para doações para Ucrânia, enquanto o próprio banco central do país impõe limites aos cidadãos.

Do outro lado do conflito, segundo a Bloomberg, bilionários russos estão avaliando o uso de bitcoin para se esquivar de sanções dos outros países, que até o momento só ofereceram restrições econômicas para enfrentar a investida da Rússia.

O movimento contrário, então, passou a acontecer nos mercados. O Bitcoin decolou, o ouro caiu. A seguir o gráfico atualizado compartilhado por Ingles logo abaixo do tweet mencionado anteriormente.

Gráfico do preço do bitcoin vs. ouro.
Reação do Bitcoin em relação ao ouro. Reprodução/Twitter.

No momento da escrita desta matéria, o BTC é negociado por volta de US$ 39.400, com alta de 11% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do Coingolive.

No mesmo período, o ouro enfrenta queda de 0,51% e é negociado por US$ 1,894.09, segundo o goldprice.org. Vale ressaltar que a Rússia aumentou suas reservas de ouro em mais de US$ 100 bilhões nos últimos 8 anos, evidenciando que Putin estava se preparando economicamente para uma ocasião como esta.

Veja também:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.