Pesquisadores do site PrivacyAffairs coletaram centenas de preços das vendas de dados privados como cartões de crédito, contras nas redes sociais, entre outros e compilaram o Dark Web Price Index.

Os resultados deixaram os pesquisadores abismados com o baixo preço de dados extremamente sensíveis sendo vendidos no lado mais obscuro da internet. 

  • O acesso a uma conta bancária online custa apenas 0,1779 XMR ou US$40;
  • Todos os detalhes de um cartão de crédito ficam entre US$14 e US$30 ou 0,06 monero;
  • E todos os seus documentos para um roubo de identidade? Por volta de 5 moneros ou US$1.000,00.

O pacote com login bancário roubado, licença de motorista nos EUA, conta do Facebook hackeada, cartão de crédito e identidade de alta qualidade ficou por apenas US$1010,00, exatos 4,49 XMR que equivalem a ~0,01789187 BTC na cotação atual.

Contas relacionadas a exchanges e carteiras de criptomoedas são um dos itens mais visados. 


Quer ganhar Bitcoins?
A gente te ajuda nisso.
Abra uma conta grátis!


 

“Contas cripto hackeadas parecem ser um dos itens mais valiosos para compra. Devido aos altos preços do BTC e outras criptomoedas, as contas hackeadas podem conter grandes somas de moeda e dinheiro baseados em moedas, protegidas por medidas de segurança relaxadas após o processo inicial de verificação.”

afirmou a pesquisa.

Uma conta verificada na Binance custa apenas 1,82 XMR. 

Preço de uma conta hackeada da Binance e outras corretoras.

Já os valores de dados roubados das redes sociais caíram entre 2020 e 2021. O preço ficou tão baixo que alguns vendedores estão comicamente oferecendo “compre duas conta e ganhe 1 de graça”.

“Se alguém colocar as mãos em seus dados financeiros ou credenciais de mídia social, os preços mencionados acima são basicamente o que vale para eles. Há uma boa chance de você valorizar essas coisas muito mais do que eles, para os hackers você é apenas mais uma número para um dinheiro rápido.”

– disse a pesquisa.

Leia também: Ataques de phishing! Veja como proteger seus bitcoins

Vendedores abandonaram o Bitcoin

Percebeu como mostramos o preço em monero e não em bitcoin? A principal criptomoeda do mundo foi abandonada pelos vendedores do lado obscuro da internet pela sua completa falta de privacidade e baixo anonimato. 

“Em um esforço para mitigar a detecção e rastreamento por parte das autoridades, a Dark Web está se movendo para aumentar a segurança em todas as extremidades. Os mercados abandonaram o Bitcoin (BTC) por não ser seguro, e os fornecedores estão exigindo que os compradores usem o Monero como pagamento e se comuniquem apenas através da criptografia PGP.”

Enquanto os investidores institucionais invadem o bitcoin em busca de proteção contra a inflação e oportunidades de investimento, ativistas, vendedores e compradores migram para o Monero com suas baixas taxas e altíssima privacidade. 

Com a primeira troca atômica pública entre monero e bitcoin efetuada na semana passada, fundos dedo setor de cripto como o Cypherpunk Inc voltaram a investir em XRM.

Leia também: Deep web abandona oficialmente o bitcoin: “como planejado”

Bitcoin é mais fácil de investigar que dinheiro ou transferências bancárias, diz promotora de justiça


BitPreço, o maior marketplace da América Latina. Compare os preços das principais exchanges do Brasil e mundo, e compre Bitcoin, Ethereum e USDT pelo melhor preço sempre.

Crie sua conta grátis agora!