• Apenas 22% das reservas da Rússia estão em um ativo que outros países não podem controlar; 
  • Rublo russo despenca 25% e pode ser sinal positivo para o Bitcoin;

O único ativo de reserva que a Rússia controla é o ouro, o que significa que o país poderá em breve abrir os braços para o bitcoin, opinou Bill Miller.

O lendário investidor, gerente de fundos e filantropo Bill Miller acredita que as sanções financeiras impostas à Rússia podem fazer com que o Bitcoin seja beneficiado.

Queda do rublo russo

O conflito militar na Ucrânia mudou drasticamente os rumos do mundo financeiro. A OTAN e a UE declararam guerra econômica ao regime de Putin. Os EUA, o Reino Unido, a Alemanha e muitos outros cortaram sua conexão monetária com a Rússia e excluíram muitos bancos russos do principal sistema de pagamentos SWIFT.

Como resultado dessas sanções, o rublo caiu mais de 25%, enquanto os cidadãos russos começaram a procurar instrumentos financeiros alternativos para preservar suas economias. Os volumes de negociação de Bitcoin na região atingiram níveis recordes.

Nesta sexta-feira, porém, o bitcoin passa por correções de preços e recua 3,6%, se mantendo acima de US$ 40.000, de acordo com dados do Coingolive.

Em entrevista recente à CNBC, o ex-presidente da Legg Mason Capital Management – Bill Miller – destacou que a Rússia mantém 16% de suas reservas em dólares e 32% em euros. Esses ativos são administrados por “pessoas que querem prejudicá-los”, disse.

Ele afirmou ainda que a única parte de suas reservas, que outras nações não podem controlar, é o ouro (22%). De acordo com Miller, essas métricas são um sinal “muito otimista” para o bitcoin.

Ele apontou ainda a oferta limitada do BTC (21 milhões de bitcoins), o que torna a criptomoeda uma proteção contra a inflação. Comentando sobre as altcoins, ele disse que elas são muito diferentes da criptomoeda líder, e os investidores devem vê-las como “ativos de risco”.

Opinião de Miller sobre o Bitcoin

O bilionário investidor de 72 anos, conhecido por bater o S&P500 por mais de 10 anos seguidos, já foi cético em relação ao BTC, mas sua opinião mudou.

Em maio do ano passado, ele argumentou que investir em bitcoin é seguro mesmo durante as quedas de preços. Na verdade, os traders devem achar o BTC mais atraente quando o preço diminuir:

“Se eu gostei de algo a preços mais altos, é uma aposta segura que vou gostar ainda mais a preços mais baixos.”

Vários meses depois, ele fez uma comparação um tanto interessante entre bitcoin e ouro. Para ele, o ativo digital lembra o luxuoso carro esportivo Ferrari, enquanto o metal precioso é antiquado – como cavalo e charrete.

No início deste ano, o investidor admitiu que havia alocado 50% de seu portfólio em bitcoin, além de investir pesado em ações da Amazon.

Veja mais:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.