Breaking News  
Minuto Cointimes #38 – “Bitcoin” da Funai, Fortnite ❤ Monero, BitTorrent Token e mais Notícias

Minuto Cointimes #38 – “Bitcoin” da Funai, Fortnite ❤ Monero, BitTorrent Token e mais

O seu resumo semanal com o que de principal aconteceu no mundo das criptomoedas

Neto Guaraci
Neto Guaraci

Fala galera, esse é o primeiro Minuto Cointimes do ano e temos como destaque a adoção da criptomoeda Monero, mudanças na Bitmain, a união de criptomoedas com torrents e muito mais.

Confira seu resumão da semana!

Fortnite aceita Monero

Um dos games mais populares do mundo, Fortnite, começou a aceitar a criptomoeda Monero em sua loja de acessórios.

A notícia é extremamente positiva, o game tem 200 milhões de usuários , podendo impulsionar a adoção da criptomoeda.

Não é a primeira vez que o universo gamer se une as criptomoedas, em outubro a maior exchange da Europa foi comprada por uma empresa de games:

Quer saber mais sobre essa criptomoeda? Acesse o post abaixo:

CEO da Bitmain pode renunciar

Depois de fechar escritórios no Brasil, Israel e demitir mais de 50% dos funcionários. O CEO da maior empresa de mineração do mundo parece estar de saída da direção empresarial.

Brigas internas e resultados negativos são os responsáveis por essa possivel renúncia. Se isso for feito algumas criptomoedas pdoerão ser afetadas.

Veja mais detalhes no post acima.

Criptomoeda BitTorrent

Após ser comprada pela criptomoeda Tron, um dos clientes de torrent mais famosos do mundo BitTorrent, anunciou o lançamento do seu token.

O BitTorrent Token (BTT) será utilizado para agilizar o download e a disponibilidade dos torrents. O projeto será lançado na plataforma de listagem da Binance:

Para saber mais sobre esse token veja o White Paper do BTT.

A criptomoeda da Funai

No apagar das luzes do governo Temer, a Funai (Fundação Nacional do Índio) assinou um contrato de 44,9 milhões com a Universidade Federal Fluminense (UFF). O contrato previa a criação de , dentre outras coisas, a criação de moedas regionais para a população indígena.

O novo governo correu para cancelar o contrato e agora ele está sendo reavaliado. Muitas empresas e governos tem investido na criação de criptomoedas, entretanto, muitos deles fazer por necessidade. É o caso do Irã, que está desenvolvendo uma criptomoeda para evitar as sanções norte-americanas.

Gostou do conteúdo? Quer receber mais notícias como essa? Então se inscreva no canal do Cointimes no Youtube e siga o FacebookTwitter e Instagram.

Neto Guaraci
Neto Guaraci

Sou estudante de Gestão de Negócios e Inovação na Fatec-Sebrae. Trabalho na Foxbit, ajudo na criação de conteúdo. Amo falar sobre criptomoedas, liberdade financeira e empreendedorismo. Se você também gosta, entre em contato. :)

O Cointimes utiliza cookies com o objetivo de melhorar sua experiência em nossa página web e adaptar o conteúdo para torná-lo mais útil e acessível. Para mais informações, consulte a nossa política de cookies.