• As pessoas possuem diversos vícios, mas os políticos são viciados no poder.
  • As criptomoedas permitem alcançar soberania financeira e ficar livre do controle de terceiros, mas também depende de você.

Há quem seja viciado em açúcar, remédios, álcool, cigarro, cafeína, ou outras substâncias; e também há quem seja viciado em esportes radicais, viagens ou outras experiências que estimulam a produção de hormônios como adrenalina e endorfina; mas esta classe de pessoas – que vamos falar nesta matéria – é viciada em poder e controle.

As criptomoedas estão causando uma possível crise de abstinência de poder e eles ainda não entenderam como lidar com isso, ou sequer conseguem entender que não podem mais controlar tudo ao seu redor. Que pena.

Hillary Clinton ainda não entendeu o que está acontecendo

O exemplo mais recente desta crise de abstinência, que nubla a capacidade de compreensão do dependente por poder, foi a crítica realizada por Hillary Clinton contra o governo do presidente Joe Biden dos EUA, o departamento do tesouro norte-americano e o governo europeu, por “permitirem que os russos utilizem criptomoedas como uma rota de escape às sanções econômicas”.

“Fiquei desapontada ao ver que algumas das chamadas ‘exchanges de criptomoedas’, nem todas, mas algumas delas, estão se recusando a encerrar transações com a Rússia motivadas por alguma, não sei, filosofia do libertarianismo ou alguma coisa assim.”

Ela então começou a pressionar politicamente os órgãos reguladores e governamentais, cobrando uma posição mais dura e uma interferência direta que obrigue estas empresas a bloquearem “transações governamentais e privadas dentro e fora da Rússia”.

Joe Biden e Hillary Clinton sorrindo juntos. Dois viciados no poder.
Joe Biden e Hillary Clinton sorrindo juntos. Dois viciados em poder.

Só não entendeu que isso foge do seu controle e do controle de quem quer que seja que esteja no poder.

Atacar civis é errado, independente dos crimes que seus governantes – viciados no poder – estejam cometendo

No domingo, o vice-primeiro ministro da Ucrânia – Mykhailo Fedorov – disse em um tweet que: “É crucial congelar não apenas endereços vinculados a políticos russos e bielorrussos, mas também sabotar usuários comuns”.

tweet do vice-primeiro ministro da Ucrânia

O que é um absurdo humanitário quase tão grande quanto o exército russo atacar prédios civis – como já vem acontecendo – por mais que a nível estratégico bélico isso seja algo interessante.

Indivíduos pacíficos, russos ou ucranianos, são vítimas das decisões dos governantes – deles próprios ou adversários – e deveriam ser poupados nesta guerra que não é culpa deles.

Soberania financeira é inegociável

CEOs e porta-vozes de algumas grandes exchanges como Binance, Kraken e Coinbase já anunciaram que irão colaborar com as sanções contra o Estado russo, mas se negaram a agir contra os cidadãos russos, que, segundo eles, não devem ser impedidos de utilizar seu patrimônio pessoal que está sob custódia das empresas em questão.

Alguns, como Jesse Powell, foram ainda mais enfáticos, dizendo que só podem bloquear contas de usuários sob requerimento legal dos órgãos responsáveis no país onde estes usuários são residentes. Isso é, só podem bloquear a conta dos russos, por ordens russas.

Powell novamente diz que este bloqueio é ainda contra sua própria vontade, mas algo inevitável por motivos legais e recomenda seus clientes – e todos os usuários de criptomoedas – a valorizarem sua soberania financeira e tirarem os fundos das exchanges para carteiras não-custodiais.

Esta é a única maneira de realmente ser o único em controle de seus fundos e evitar ser impactado por decisões ruins de governantes ou outros tomadores de decisão no poder.

Dinheiro controlado é uma arma de guerra nas mãos dos viciados no poder

O que estamos vendo nestes eventos envolvendo Rússia e Ucrânia é o uso do dinheiro e do sistema financeiro como uma arma de guerra.

Como todas as outras armas de guerra, muitas vezes nos sentimos tentados em endossar seu uso, caso seja para um fim ao qual concordamos, em favor de um aliado ou contra um inimigo em comum. É algo natural do ser humano, apesar de eticamente discutível.

O grande problema disso é o precedente que se cria no sistema, enquanto a grande vantagem é a capacidade de abrir nossos olhos para vermos que “sim, pessoas no poder podem utilizar o sistema financeiro custodial como arma contra quem eles querem destruir”.

E levanta a questão: “E se a pessoa que eles querem destruir for eu?”.

O que acontece quando uma arma de guerra é utilizada, não em favor da vítima, mas para criar vítimas de indivíduos pacíficos? É isso que a própria Rússia vem fazendo sob o governo de Putin.

Vimos uma pequena demonstração deste uso no Canadá sob o governo de Justin Trudeau.

Saiba mais: Governo do Canadá não quer que as pessoas promovam auto-soberania sobre as criptomoedas

Dinheiro deveria ser uma ferramenta apolítica; e agora ele é

É por isso que é tão importante que o dinheiro não esteja vinculado à vontades políticas.

O dinheiro é (ou deveria ser) uma ferramenta pura de troca de valores entre pares (peer-to-peer), sem ideologia política. Apenas uma ferramenta disponível para ser utilizada e garantir a soberania financeira das pessoas que a utilizem, para que não se transforme em uma arma de guerra que traz destruição ao invés de construção.

Quanto mais eficiente e protegido contra o controle de terceiros viciados no poder, como Hillary Clinton, mais seguros nós estamos.

Eles ainda não entenderam isso, mas e você? Entendeu?

Leia mais:

A NovaDAX está cheia de novidades!

Uma das maiores corretoras de criptoativos do Brasil agora ZEROU as taxas para saque em real!

A NovaDAX também conta taxa zero para transações de Bitcoin e mais de 110 moedas listadas, com saque disponível na hora e alta liquidez. 

As criptomoedas com as melhores taxas do mercado! Basta ativar o programa gratuito Novawards e aproveitar taxas reduzidas em até 75%.

Conheça ainda o Cartão NovaDAX e peça já o seu.