Assim como reportamos no Cointimes mês passado, a promessa de Roger Ver foi cumprida. Tether, a criadora da principal stablecoin USDT, irá ser integrada ao blockchain do Bitcoin Cash.

Ver comentou também sobre a crescente adoção de stablecoins na rotina da China, mostrando otimismo quanto ao futuro da moeda. Além disso, a stablecoin possui valor de $1 dólar americano, e uma capitalização de mercado de aproximadamente US$5 bilhões.

“É extremamente emocionante saber que a maior stablecoin do mundo estará usando o blockchain do Bitcoin Cash, e que usuários de BCH poderão enviar e receber Tether por tokens SLP (Simple Ledger Protocol).”

Roger Ver, Presidente Executivo do Bitcoin.com

Como resultado, o USDT aparenta estar presente em um total de 7 blockchains diferentes: Ethereum (Set. de 2017), Bitcoin (Camada Omni), Tron, EOS, Algorand, Liquid Network (Sidechain) e, por fim, Bitcoin Cash.

“Um dos pontos fortes da Tether é que é sustentado por uma rica diversidade de cadeias de blocos. Nossa mais recente colaboração com o Bitcoin Cash fornecerá à Tether uma variedade de benefícios.

Esperamos que a adoção seja bastante fácil para qualquer integrador. O lançamento também oferecerá suporte a mais aplicativos na cadeia de BCH, com a Tether facilitando o pagamento por esses aplicativos”

Para ficar por dentro de tudo que acontece no mundo cripto, não deixe de seguir o Cointimes no Facebook e no Twitter.