Diversas empresas que ofereceram bots de trade ou arbitragem de bitcoin para seus clientes tiveram sérios problemas. Cada uma teve sua peculiaridade em lidar com a situação, mas diversas semelhanças podem ser notadas.

Unick Forex, Atlas Quantum, Anubis Trade, Midas Trend, entre outras, todas tiveram problemas com saques, deixando seus clientes a espera de receber seu próprio investimento de volta até hoje. No entanto, todas elas procuram voltar a operar sem antes pagarem o que devem.


Veja também:
++ Empresa suspeita G44 na mira da Polícia Civil
++ Midas Trend é analisada por site americano


Projeto Phoenix, Unick 2020, e outros projetos ressurgindo

Por incível que pareça, o site da Unick voltou ao ar e já está a procura de mais dinheiro dos clientes:

“VAMOS VOLTAR A TRABALHAR COM FORÇA TOTAL E MAIS FORTES QUE NUNCA. ATIVE SUAS REDES E ESPALHE A MENSAGEM PARA A FAMÍLIA UNICK, É HORA DE TRABALHAR E VOLTARMOS A CAPTAR. 25/03/2020″

No vídeo da página inicial do site há pedidos de Fernando Lusvarghi e Leidimar Lopes para que os investidores que não estão recebendo fiquem tranquilos que eles estão trabalhando para “passar todas as respostas”.

Similarmente, a Atlas Quantum também ressurgiu das cinzas com o projeto Phoenix, após ter problemas com a CVM, a empresa não conseguiu pagar a todos os investidores e ficou devendo cerca de 7000 bitcoins.

Sem pagar os clientes antigos, o novo robô da empresa já começou a captar novos investimentos, e um novo fim trágico aconteceu, o bot supostamente trabalhou alavancado e, em uma operação arriscada, perdeu tudo de diversas pessoas.

Agora, parece ter chegado a vez do ex-dono da Anubis Trade, conhecido multiplicador de dinheiro, que vendeu sua empresa para a Atlas durante a crise, que acabou retendo também os saques da Anubis.

Nessa terça-feira ele voltou a anunciar outro bot de trade através do Telegram, dessa vez os bitcoins supostamente não ficam na posse dele, mas cada pessoa vai custodiar o próprio saldo e liga o bot através de uma API.

A exata mesma chamada do projeto Phoenix da Atlas Quantum, e de novo, deixamos a pergunta no ar, o que pode dar errado?

Problemas com a Justiça

A Unick Forex já foi alvo da operação Lamanai e teve boa parte da equipe presa, porém recentemente foram soltos devido o coronavírus.

A Atlas Quantum recebeu novos processos recentemente, como publicado este mês no Diário de Justiça de São Paulo, existem clientes que acionaram a justiça pedindo seu dinheiro, e inclusive solicitando desconsideração da pessoa jurídica, ou seja, querem que o CEO Rodrigo Marques se responsabilize.

A Anubis Trade também é citada em diversos processos na área cível, onde clientes pedem seu dinheiro de volta, muitos em tutela de urgência.

Como você acha que esses casos serão resolvidos? Deixe sua opinião nos comentários!