Muitas profissões estão próximas da extinção,  assim como profissões antigas somem, novas surgem.

Vamos ver algumas profissões que surgiram e estão surgindo graças ao Bitcoin, e quem sabe você se interessa por uma.

1 – Engenheiro de blockchain

Muitas grandes empresas estão requisitando engenheiros de blockchain, como Pfizer, Microsoft e Bank of China (veja os projetos de blockchain dessas grandes empresas).

Aliás, a procura por esse profissional cresceu 400% em 2018. No post abaixo mostramos por onde você pode começar nesse universo:

https://cointimes.com.br/demanda-por-engenheiro-de-blockchain-cresce-400-saiba-por-onde-comecar/

2 – Escritor técnico de criptomoedas e tokens

Bitcoin Cash declinio

Com o surgimento do Bitcoin várias outras criptomoedas e projetos envolvendo blockchain surgiram.

Para reunir todos esses projetos foram criados sites como o coinmarketcap, que já é o quinto site mais acessado do mundo na categoria de finanças.

Há 2 meses o coinmarketcap criou algumas vagas exatamente para a função de procurar, catalogar e descrever novos projetos.

Fique de olho nas vagas novas acessando a área de vagas do Coinmarketcap.

3 – Desenvolvedor de ICOs

Os ICOs foram uma grande febre em 2017/2018, muitos falam que é um grande hype, mas a verdade é que essa modalidade de arrecadação está aos poucos chegando no mercado institucional (veja o caso do Kria).

Até o mês de julho de 2018 foram arrecadados mais de 9 bilhões de dólares com ICOs.

Para fazer um ICO geralmente os desenvolvedores utilizam algumas plataformas e linguagens especificas, como o Ethereum com sua linguagem de programação solidity.

É possivel fazer ICOs até mesmo com o Bitcoin, apesar de não ser a plataforma mais usada para isso.

4 – Desenvolvedor de carteiras digitais

Antes do bitcoin, o máximo de carteira digital que tínhamos vinha dos bancos.

Hoje há centenas de wallets digitais, muitas valendo milhões de dólares,  como é o caso da GreenBits.

É muito comum vermos em grupos de bitcoin vagas para desenvolvedores de wallets.

Esse processo de digitalização tende a aumentar, como acontece na China onde cartões e dinheiro são pouco utilizados se compararmos às carteiras digitais.

No Brasil esse processo já começou:

5 – Mediador de transações

openbazaar

Que tal ser um “intermediador descentralizado”?

Isso é o que já fazem algumas dezenas de pessoas em alguns mercados que aceitam criptomoedas.

Quando você deposita algum dinheiro em um mercado centralizado, como o Mercado Livre,  você precisa confiar nele para não perder seu dinheiro.

No mercado de criptomoedas você não precisa confiar em um terceiro, a tecnologia de multi-assinatura permite a escolha de um intermediário que apenas autoriza a transação em caso de disputa.

O mediador é o novo juiz do mundo digital. Há dezenas de novos juízes oferecendo seus serviços no OpenBazaar.

6 – Oráculo

Falando em ponte entre o digital e o real,  o oráculo é esse ponto de confiança entre o imutável blockchain e o mundo em constante mudança.

Por exemplo, um oráculo pode colocar as informações de um jogo de futebol no blockchain, permitindo que sites de apostas descentralizados funcionem.

Ainda não há muita demanda para esse tipo de serviço, e é uma nova área ainda a ser desbravada.

Eu explico um pouco mais sobre esses novos mercados de aposta no texto abaixo:

7- Designer de ASICs

A área de mineração de bitcoins e criptomoedas esteve em franca expansão nos últimos anos. A Bitmain, principal fabricante de hardware para mineração de criptomoedas foi avaliada em alguns bilhões de dólares.

O Designer de Asics é um profissional essencial para a criação dessas máquinas, tudo deve ser pensado, desde da parte térmica até o posicionamento dos circuitos.

Conheça mais sobre a Bitmain:

https://cointimes.com.br/maior-que-facebook-conheca-o-ipo-da-empresa-com-1-milhao-de-bitcoins/

8- “Cryptolawyer”

Os contratos inteligentes estão se provando extremamente úteis em várias áreas. Se você não sabe o que eles são, bom, tá na hora de conhecer mais sobre essa tecnologia:

O “criptoadvogado” é um mix de advogado e desenvolvedor,  ele faz a ponte entre as leis do Estado e as do código.

Alguns projetos que necessitam da junção desses novos profissionais são o Agrello e a brasileira OriginalMy.

Até hoje não vi uma vaga com esse nome aberta no mercado, mas e há um crescente interesse na utilização legal de contratos inteligentes.

Muitas outras profissões e oportunidades vão e estão surgindo nesse mercado. Não quer ficar de fora dessa nova área da economia? Siga o Cointimes nas nossas redes sociais – FacebookTwitterInstagram.