Anteriormente apresentamos uma lista das criptomoedas que mais valorizaram no último ano, e deixamos claro que esse mercado é arriscado!

Por conta disso, resolvemos também mostrar o “outro lado da moeda”: veja a seguir as criptos que mais desvalorizaram no último ano e entenda que nem só de lamborghini vive o criptomercado.

Mas, também citamos no texto de ontem que não é incomum a morte de diversos projetos, então para evitar uma lista de nomes desconhecidos que desvalorizaram mais de 98%, analisamos apenas as Top 50 criptomoedas por marketcap.

1 – Ravencoin (-59,69%)

A primeiríssima da lista é a moeda do corvo. Essa cripto é basicamente uma cópia do Bitcoin, mas focada em tokens.

Cointimes Awards

Apesar de ter o apoio da Overstock, ela tem concorrentes muito melhores, como o próprio Ethereum (que apareceu como uma das que mais valorizaram no último ano).

Nós inclusive listamos ela como uma criptomoeda que provavelmente não teria futuro em 2020.

2 – Ontology (-54,33%)

A Ontology é mais uma plataforma de contratos inteligentes, seu auge foi em maio de 2018 quando quase chegou aos 10 dólares por moeda, mas de lá pra cá foi ladeira abaixo.

Ela foi criada para ajudar empresas a utilizar blockchain disponibilizando ferramentas como verificação de identidade e verificação de dados.

Cointimes Awards

No ano passado ela chegou a ser considerada para ser listada na Coinbase, mas até agora nada. Quem tinha dinheiro investido nela, perdeu mais da metade do poder de compra.

3 – Basic Attention Token (-49,68%)

Provavelmente o primeiro bom nome nesta negativa lista. Apesar de ter um consistente mercado de baixa há anos, o token parece ter grandes coisas a conquistar.

Mas talvez o melhor desse projeto é o navegador Brave, que permite que os usuários sejam remunerados ao ver anúncios enquanto navegam pela internet.

O BAT foi recentemente listado na Gemini, a gigante exchange fundada pelos gêmeos Winklevoss.

Cointimes Awards

4 – SpaceChain (-42,85%)

Sinceramente não sei como esse token está no top 50 em marketcap. Esse é o gráfico da sua cotação:

spacechain pump e dump

Alcançou US$ 78 no dia 5 de fevereiro, três dias depois valia apenas US$ 7, e desde então vem caminhando lentamente para o cemitério das criptomoedas…

5 – Decred (-40,65%)

A criptomoeda com uma robusta comunidade brasileira também não escapou de um dos piores desempenhos no último ano.

Recentemente a comunidade brasileira conseguiu um investimento de R$610 mil pelo seu sistema de governança, chamado de Politeia. Como resultado, a Decred será a criptomoeda com DAO que mais investirá no Brasil em 2020.

Cointimes Awards

No entanto, seu resultado vem deixando a desejar, R$ 10.000 alocados em DCR há um ano atrás teria te levado a perder R$ 4.065, a não ser que você minimizasse suas perdas ganhando com o PoS da moeda.

6 – EOS (-39,91%)

EOS é uma plataforma para aplicações descentralizadas e contratos inteligentes, e tem como forte concorrente o Ethereum.

Mas enquanto a moeda de Vitalik Buterin vem tendo diversas novas aplicações e expectativas de boas atualizações, a EOS teve um péssimo ano.

Apesar de há 11 meses um ranking chinês ter colocado a EOS em primeiro lugar de tecnologia e inovação enquanto cometia a injustiça de colocar o Bitcoin em 12º, os resultados disseram o oposto.

Cointimes Awards

Há cerca de 5 meses, um dos aplicativos descentralizados mais usados na rede EOS alertou para o estado precário desse blockchain e disse que iria parar suas operações.

Desde então, a rede teria perdido 84% dos usuários, o que pode explicar sua desvalorização.

eos capa
R.I.P. EOS?

7 – IOTA (-39,81%)

Instantânea, sem taxas e não é a Nano, esse é o token da Internet das Coisas, IOTA.

Criticada por ter uma rede altamente centralizada, o seu desenvolvimento ainda procura caminhar para uma descentralização adequada para realmente funcionar sem a necessidade de confiança.

Cointimes Awards

Mas até agora são só promessas, e a confiança parece estar sendo cada vez mais abalada, já que foi definitivamente um ano difícil para a Fundação IOTA.

Há cerca de 3 meses, um ataque hacker conseguiu violar a segurança da carteira oficial e levou milhões de dólares em tokens.

Em razão do ataque, a Fundação IOTA pausou toda a rede (travando o saldo de todo mundo, sim, a IOTA pode fazer isso a qualquer momento), e além disso, tomaram a decisão de ressarcir os usuários com dinheiro da Fundação.

8 – Bitcoin Gold (-37,33%)

O Bitcoin Gold (BTG) é um fork do Bitcoin com a mineração focada em placas gráficas. Sem muita inovação, essa altcoin tem uma demanda cada vez menor desde 2018.

Cointimes Awards

Mas nesse último ano, sua situação piorou ainda mais ao sofrer diversos ataques de 51%, o que evidenciou a insegurança do blockchain do BTG.

Em um dos ataques, 14 blocos foram removidos e outros 13 adicionados no lugar, resultando no gasto duplo de US$ 19 mil em BTG.

Já no mais recente, aconteceu uma reorganização de 15 blocos, com o gasto duplo de US$ 53 mil em Bitcoin Gold.

Depois disso, as principais corretoras aumentaram o número de confirmações necessárias para validar depósitos de BTG, mas a confiança na moeda já foi impactada.

Cointimes Awards

Conclusão

Apesar de algumas criptomoedas causarem um retorno incrível, o criptomercado é bastante arriscado, e inclusive projetos com grandes nomes podem te render prejuízo. Por isso é importante tomar cuidado.

E, principalmente, desconfie de quem promete rendimentos garantidos nesse mercado, isso não existe.

No entanto, quero destacar que não é o desempenho de um ano que determina que projetos são bons ou quais não são.

Mas então, quais criptomoedas você está acha que podem se desvalorizar bastante nos próximos 12 meses? Deixe nos comentários abaixo!

Cointimes Awards


BitcoinToYou –  Negocie criptomoedas sem pagar taxa
 
A primeira corretora do Brasil, negociamos criptomoedas desde 2010. 
Abra sua conta grátis!
 
Abrir conta


Invista em criptomoedas com segurança, alta liquidez e as menores taxas do mercado.

NovaDAX: a exchange mais completa do Brasil com mais de 25 criptomoedas listadas e a melhor nota de atendimento ao cliente.

Conheça novadax.com.br